Menu
RSS


Harvey Weinstein poderá ser preso esta sexta-feira

O produtor caído em desgraça Harvey Weinstein deverá se entregar às autoridades esta sexta-feira, 25 de maio, em conexão com um caso de agressão sexual, diz a Variety. 

Esta detenção está ligada a uma situação investigada pelo Procurador Distrital de Manhattan. O New York Times e o New York Daily News informam que o caso envolve as alegações de que Weinstein forçou Lucia Evans a fazer sexo oral durante uma audição em 2004.  O advogado de Weinstein, Ben Brafman, recusou comentar a eventual detenção. 

O caso de Evans foi divulgado na New Yorker em outubro. Na peça, Evans disse que foi ao escritório da Miramax em Tribeca para uma reunião. Durante esse encontro, Weinstein disse que a atriz seria ótima para “Project Runway”, se perdesse peso, e falou em outros projetos. Alegadamente, foi então que ele pegou no seu pénis e forçou-a a fazer sexo oral: "Eu disse repetidamente: 'Não quero fazer isso, pare, não'", disse Evans à revista. Weinstein continuou e depois agiu como se nada tivesse acontecido.

Mais de uma centena de mulheres acusaram o produtor de assédio, abuso e em alguns casos de violação, como de Paz de la Huerta, que alega que Weinstein a violou duas vezes em 2010. O caso desta atriz também está a ser investigado em Nova Iorque, podendo ser outra das situações que levarão Weinstein à prisão já amanhã.

Recorde-se que os departamentos da policia em Londres e Los Angeles também lançaram investigações sobre o comportamento de Weinstein.



Deixe um comentário

voltar ao topo

Contactos

Quem Somos

Segue-nos