Menu
RSS


Morreu André S. Labarthe

André S. Labarthe,  ex-crítico da Cahiers du Cinéma, realizador e coprodutor com Janine Bazin da famosa série documental dedicada aos gigantes da sétima arte, Cinéastes de notre temps/Cinéma, de notre temps, morreu esta segunda-feira de manhã, em Paris, anunciou a Cinematèque. Tinha 86 anos.

Nascido a 18 de dezembro de 1931, em Oloron-Sainte-Marie, começou a sua carreira como crítico de cinema na década de 1950, depois de conhecer o marido de Janine, André Bazin, um dos fundadores da Cahiers du cinéma. "Entre os membros da equipa histórica da Cahiers du Cinéma, André S. Labarthe distinguiu-se pela originalidade dos seus gostos (...) capaz de reconhecer o talento de uma Shirley Clarke ou de um John Cassavetes", disse a Cinemateca francesa em comunicado.

Desses trabalhos que executou, a dois tempos - primeiro de 1964-1972 e depois de 1993-2018 (alguns deles remontagens) - destaque para Le dinosaure et le bébé, dialogue en huit parties entre Fritz Lang et Jean-Luc Godard (1967), Samuel Fuller: Independant Filmmaker (1967)Jean-Pierre Melville: portrait en neuf poses (1971) e Hitchcock et Ford, le loup et l'agneau (2001).



Deixe um comentário

voltar ao topo

Contactos

Quem Somos

Segue-nos