Menu
RSS

 



Sundance: Robert Redford diz que o #MeToo dará mais oportunidades às mulheres

O Festival de Sundance arrancou hoje e na habitual conferência de impressa na abertura do certame, Robert Redford declarou que os movimentos #MeToo e Time's Up  são um "ponto de inflexão" em Hollywood que criará mais oportunidades para as mulheres em Hollywood.

Reconhecendo que a indústria do Cinema tem sido dominada pelos homens, Redford diz que essa tendência vai mudar com esta luta contra o assédio sexual e igualdade nas reunerações: "O que se está a fazer é criar mais oportunidades para as mulheres e mais oportunidades para as mulheres do cinema terem as suas vozes ouvidas e fazerem os seus próprios projetos", disse o criador do festival esta quinta-feira. Quanto ao papel dos homens atualmente, esse deverá ser de "ouvir, deixar as mulheres falarem e pensarem sobre isso".

Redforde foi acompanhado em palco por Keri Putnam, diretora executiva do Sundance Institute e John Cooper, chefe do festival. Instados a comentar o caso Harvey Weinstein, Cooper diz que está saturado do produtor e das suas histórias, enquanto Purnam refere que ficou "enjoada de ouvir junto com todos os outros sobre o comportamento de Harvey", até porque algumas das histórias e "incidentes ocorreram no Festival de Sundance".



Deixe um comentário

voltar ao topo

Contactos

Quem Somos

Segue-nos