Peter Jackson foi pressionado pelos Weinstein para não ter Ashley Judd e Mira Sorvino em «Senhor dos Anéis» - C7nema
Menu
RSS

 



Peter Jackson foi pressionado pelos Weinstein para não ter Ashley Judd e Mira Sorvino em «Senhor dos Anéis»

O realizador Peter Jackson revelou que o produtor Harvey Weinstein pressionou-o para que ele não incluísse Ashley Judd ou Mira Sorvino no elenco da saga Lord of The Rings (Senhor dos Anéis), numa fase em que o projeto ainda estava a ser sondado pela Miramax. Segundo ele, os dois irmãos, Bob e Harvey Weinstein, agiam como "mafiosos de segunda linha".

O cineasta acrescentou, no entanto, que não estava ciente na época das acusações de comportamento sexual inadequado contra Weinstein: «Lembro-me da Miramax nos dizer que era um pesadelo trabalhar com elas e que precisávamos evitá-las a todo custo. Deve ter sido em 1998 (...) Na época, não tínhamos razão para questionar o que eles nos diziam, mas, em retrospetiva, percebo que provavelmente a campanha de difamação estava em pleno andamento". O vencedor de um Oscar disse ainda que suspeita que foi inundado com informações falsas sobre essas duas atrizes talentosas e que o resultado direto foi a sua não inclusão no elenco da saga.

Recordamos que cerca de uma centena de mulheres acusou Harvey Weinstein de as assediar, abusar ou violar sexualmente. Enquanto o produtor rejeita grande parte dessas alegações, três investigações estão em curso em Londres, Nova Iorque e Los Angeles.



Deixe um comentário

voltar ao topo

Contactos

Quem Somos

Segue-nos