Logo
 Imprimir esta página

Agência de investigação pede desculpas por trabalhar com Harvey Weinstein

A Black Cube, uma agência de investigação privada israelita que ajudou Harvey Weinstein a reunir informações sobre as mulheres que o acusaram de assédio e abuso sexual, lamentou ter concordado em trabalhar com o produtor de Hollywood.

"É claro que pedimos desculpas a quem foi atingido com isso", disse Asher Tishler, o qual está listado como membro do conselho consultivo da Black Cube. "Em retrospetiva, é uma pena termos aceite o trabalho". Tishler disse que não estava familiarizado com todos os detalhes do trabalho realizado pela Black Cube para Weinstein e que todo o dinheiro conseguido através desse contrato seria reencaminhado para grupos de apoio a mulheres.

Recorde-se que um artigo do New Yorker descreveu dois investigadores privados da Black Cube que usaram falsas identidades, reunindo-se com a atriz Rose McGowan para extrair informações dela. McGowan acusou Weinstein de agressão sexual. Mais de 50 mulheres alegam que Weinstein as assediou e abusou sexualmente nas últimas três décadas. Weinstein nega ter tido sexo não consensual. 



Itens relacionados

Copyright © 1999-2017 C7nema. Todos os direitos reservados/All rights reserved.