Menu
RSS


Suécia em choque: 456 atrizes contam histórias de assédio, abuso ou violação

A ministra da Cultura da Suécia, Alice Bah Kuhnke, chamou diversos chefes ligados ao entretenimento na Suécia para uma reunião de carácter urgente, isto depois de 456 mulheres* - incluindo alguns dos principais nomes do país - assinarem uma carta detalhando o abuso sexual na indústria local do Cinema e do Teatro.

A carta, publicada pelo Svenska Dagbladet, detalha uma série de relatos profundos e chocantes de comportamentos inapropriados que vão desde violações até agressões sexuais e assédio no setor, sem nomear as vítimas ou os perpetradores. Algumas das estrelas mais famosas da Suécia, incluindo Sofia Helin (da versão sueca de A Ponte), Alexandra Rapaport (The Hunt - A Caça), Helena Bergström (Saknad), Lia Boysen (Fallet) e Lena Endre (Kingsman: O Círculo Dourado) assinaram esta carta, que detém histórias de situações que alegadamente aconteceram.

«Toda a equipa e atores ficaram no mesmo hotel. Quando estou sentada lá, mais tarde, à noite, ouço o diretor e a pessoa que seria o meu marido na produção a discutir sobre quem vai me ter primeiro. Eu fico com medo e vou para o meu quarto. Toda a noite, ouço-os a tentar entrar no meu quarto, tanto pela porta como pela janela. Pedi a um ator masculino, que eu não conhecia, para me proteger. Ele ajudou-me e estou eternamente agradecida",  diz um dos relatos.

Outro conta como uma grande estrela masculina do país surgia nas filmagens sempre drogado, bêbado ou ressacado: "Toda a equipa o esperava, às vezes durante horas, todos os dias. Quando ele acabou por aparecer era preciso mantê-lo de bom humor. Tínhamos um par de cenas sensíveis juntas, a estrela e eu. Ele nunca sabia as suas falas (...) Um dia puxou-me de lado. Disse que eu tinha que entender que era impossível para ele se lembrar das suas falas porque eu era muito excitante e tudo o que ele pensava era como eu seria nua e o que queria fazer comigo".

A ministra da Cultura da Suécia mostrou-se "chocada, enojada, chateada e furiosa" após ter contacto com as histórias, prometendo mudanças no país. O primeiro ministro Stefan Löfven também já reagiu, afirmando que vão ser tomadas medidas radicais sobre a matéria.

* O número subiu para 577 no dia 10/11/2017



Deixe um comentário

voltar ao topo

Atenção! Este website usa Cookies.

Ao navegar no website estará a consentir a sua utilização. Saber mais

Entendi

Os Cookies

Utilizamos cookies para armazenar informação, tais como as suas preferências pessoais quando visitam o nosso website. Os cookies são pequenos ficheiros de texto que um site, quando visitado, coloca no computador do utilizador ou no seu dispositivo móvel, através do navegador de internet (browser). 

Você tem o poder de desligar os seus cookies, nas configurações do seu browser, ou efetuando alterações nas ferramentas de programas AntiVirus. No entanto, isso poderá alterar a forma como interage com o nosso website, ou outros websites.

 Tipo de cookies que poderás encontrar no c7nema?

Cookies estritamente necessários : Permitem que navegue no website e utilize as suas aplicações, bem como aceder a eventuais áreas seguras do website. Sem estes cookies, alguns serviços que pretende podem não ser prestados.

Cookies analíticos (exemplo: contagem de visitantes e que páginas preferem): São utilizados anonimamente para efeitos de criação e análise de estatísticas, no sentido de melhorar o funcionamento do website.

Cookies funcionais

Guardam as preferências do utilizador relativamente à utilização do site, de forma que não seja necessário voltar a configurar o website cada vez que o visita.

Cookies de terceiros

Medem o sucesso de aplicações e a eficácia da publicidade de terceiros. Podem também ser utilizados no sentido de personalizar widgets com dados do utilizador.

Cookies de publicidade

Direcionam a publicidade em função dos interesses de cada utilizador. Limitam a quantidade de vezes que vê o anúncio, ajudando a medir a eficácia da publicidade e o sucesso da organização do website.

Para mais detalhes visite http://www.allaboutcookies.org/

Secções

Quem Somos

Segue-nos

Contactos