Logo
 Imprimir esta página

Charlie Sheen nega ter abusado sexualmente de Corey Haim

O ator Charlie Sheen nega "categoricamente" que tenha violado Corey Haim há cerca de 30 anos no set das filmagens de Lucas, uma reivindicação que o amigo e companheiro de Haim, Dominick Brascia, fez num artigo do National Enquirer, entretanto confirmado também à Fox News pelo próprio.

"Haim disse-me que fez sexo com Sheen quando filmaram 'Lucas.' Ele disse que fumaram erva e fizeram sexo. Que tiveram sexo anal. Haim disse que depois do que aconteceu, Sheen ficou muito frio e rejeitou-o. Quando Corey quis outra vez estar com ele, o Charlie não estava interessado.", Brascia afirmou ao tablóide, alegando também que Haim teve outro encontro sexual com Sheen, anos mais tarde: "Haim disse que fez sexo com Sheen novamente (...) que não gostou e que [foi nessa altura] que não quis mais nada com Sheen.". Haim teria 13 anos durante as filmagens de Lucas, enquanto Sheen teria 20 anos. 

Recorde-se que Corey Haim morreu a 10 de março de 2010, aos 38 anos. 

Corey Feldman, que participou em vários filmes com Haim, já comentou as alegações, afastando-se delas através do seu representante: "O Corey só pode falar sobre as suas próprias experiências. Ele só pode atestar os acontecimentos que realmente viu. Qualquer coisa que tenha sido dito por outros, são apenas boatos".

Contudo, convém recordar que Feldman na sua autobiografia de 2008, Coreyography, escreveu sobre um homem que teria molestado Haim: "Poucas horas depois do nosso primeiro encontro, falamos sobre o Lucas, o filme que ele fez no verão de 1985, um papel que eu queria para mim. Num momento durante as filmagens, ele explicou-me que um homem adulto convenceu-o de que era perfeitamente normal os homens mais velhos e os mais jovens terem relações sexuais, que era o que todos faziam", escreveu Feldman. O ator acrescentou: "Eles caminharam para uma área isolada entre duas caravanas, durante uma pausa para o elenco e a equipe, e Haim, inocente e ambicioso como era, permitiu ser sodomizado" (...) [Esse homem] anda por aí, é uma das pessoas mais bem-sucedidas da indústria do entretenimento".

Já numa entrevista com o Moviefone em 2011, Feldman disse: "Bem, eu tenho que ser completamente honesto e dizer que não sou um grande fã de Charlie Sheen. O meu objetivo é nunca falar mal na imprensa, estamos todos juntos nisto, é assim que eu olho para isso, mas o Charlie em particular, especialmente pela maneira como afetou outras pessoas que eu conheço".



Itens relacionados

Copyright © 1999-2017 C7nema. Todos os direitos reservados/All rights reserved.