Logo
 Imprimir esta página

Jane Seymour esteve um ano sem trabalhar devido a assédio de produtor

Numa entrevista com o programa matinal Sunrise da Sky News,  a atriz britânica Jane Seymour, conhecida por 007 - Vive e Deixa MorrerDr. Quinn, Medicine Woman recordou um incidente com um produtor no inicio da sua carreira, quando ela foi a Hollywood para uma audição.

Seymour contou que foi convidada para a casa de um "grande produtor" que estava interessado nela para um projeto. Quando chegou à habitação, ela disse que esperava ver outras pessoas no local, mas não havia ninguém. Depois de dizer-lhe que ela era perfeita para o filme, o produtor acrescentou: "Eu fiz a minha parte, agora é a tua vez de fazer a tua (...) Sabes o que tens de fazer." A atriz disse que não sabia e foi então que o produtor, que não foi nomeado pela atriz mas que ela refere como um dos mais importantes na época, colocou a mão na sua coxa. Seymour foi-se afastando no sofá, até não poder mais, e foi então que se levantou e pediu ao homem para levá-la a casa. 

O produtor reagiu, dizendo que a atriz não poderia contar o que tinha acontecido e que nem podia dizer que esteve em sua casa, acrescentando ainda que se ela não mentisse, a jovem "nunca mais trabalhará nesta cidade". Seymour disse ainda ao programa que o incidente a impediu de trabalhar como atriz durante um ano.



Itens relacionados

Copyright © 1999-2017 C7nema. Todos os direitos reservados/All rights reserved.