Logo
 Imprimir esta página

Brett Ratner, Dustin Hoffman e Jeremy Piven acusados de assédio sexual

O realizador Brett Ratner e os atores  Dustin Hoffman e Jeremy Piven foram acusados de assédio sexual e má conduta por parte de algumas atrizes.

No caso de Ratner, realizador de filmes como Hora de Ponta, são ao todo seis mulheres que o acusam, incluindo Olivia Munn e Natasha Henstridge. Jaime Ray Newman, Katharine Towne, Eri Sasaki e Jorina King também contaram as suas experiências com o realizador num artigo publicado pelo Los Angeles Times, na quarta-feira.

Henstridge, famosa no cinema por filmes como Species, relatou que o caso aconteceu quando ela tinha 19 anos de idade e ainda era apenas modelo. Segundo ela, Ratner obrigou-a a praticar sexo oral. A atriz afirmou ainda que se sentiu compelida a apresentar sua história, já que as mulheres em Hollywood continuaram a falar sobre suas experiências de assédio sexual no rescaldo dos casos Harvey Weinstein e James Toback.

Já Olivia Munn (X‑Men: Apocalypse) afirmou que Ratner masturbou-se na frente dela no set do filme Golpe no Paraíso (2004). O incidente já tinha sido detalhado nem 2010 em Newsroom, sem que o nome do realizador viesse à baila. 

Ratner, que também é produtor e trabalhou em vários filmes de sucesso, incluindo X-Men: O confronto final (2006), negou todas as alegações de assédio sexual e má conduta através de seu advogado Martin Singer.


Henstridge e Munn

Quem também nega as acusações de assédio é o ator Jeremy Piven, cujo nome surgiu na imprensa através de Ariane Bellamar. Segundo esta, o caso aconteceu nos bastidores da série Entourage, e envolvia Piven a cercar Bellamar e a apalpar-lhe os seios, sem o consentimento dela. 

«Nego inequivocamente as alegações terríveis que estão sendo vendidas sobre mim», escreveu Piven. «Isso não aconteceu. É preciso muita coragem para as vítimas apresentarem as suas histórias e espero que as alegações sobre mim de coisas que não aconteceram não prejudiquem as histórias que devem ser ouvidas», concluiu.

Outro acusado de assédio sexual é o veterano Dustin Hoffman. A acusação veio de Anna Graham Hunter, que relatou ao The Hollywood Reporter que o ator a apalpou e teve conversas sexuais inapropriadas quando ela era uma estagiária com 17 anos nas filmagens de Death of a Salesman (1985)

«Tenho o maior respeito pelas mulheres e sinto-me mal por qualquer coisa que eu possa ter feito que a colocou numa situação desconfortável», afirmou Hoffman, agora com 80 anos. «Desculpe. Isso não é reflexo de quem eu [realmente] sou ».



Itens relacionados

Copyright © 1999-2017 C7nema. Todos os direitos reservados/All rights reserved.