Logo
 Imprimir esta página

«Shaft» regressa com o apoio da Netflix

Samuel L. Jackson vai voltar a interpretar Shaft numa refilmagem do clássico blaxpolitation, desta vez com o selo da Netflix e da New Line Cinema.

Esta nova versão, que começa a produção em dezembro, será escrita por Kenya Barris (Black-ish) e realizada por Tim Story (O Quarteto Fantástico). No filme teremos Jessie T. Usher (O Dia da Independência: Nova Ameaça) como o filho de Shaft, um especialista em informática do FBI. Richard Roundtree, que surgiu na versão original, também deve participar neste novo projeto.

Recordamos que o original (Shaft, Mafia em Nova Iorque), de 1971, é baseado no romance de 1970 de Ernest Tidyman. O filme teve duas sequelas: A Marca de Shaft (1972) e Shaft em Africa (1973). Roundtree chegou ainda a ser Shaft numa série de TV da CBS (1973-1974).

Já em 2000, o ator regressou para uma participação especial no remake de Shaft, o qual foi realizado por John Singleton econtava com Jackson no papel do sobrinho de John Shaft. Apesar de ter sido bem sucedido no box-office (custou $46M e arrecadou $107M em todo o mundo), a fita não teve qualquer sequela.

Vale a pena ainda dizer que este projeto poderá marcar um novo modelo de negócio, isto porque a Netflix vai comparticipar com mais de metade do orçamento do filme (30 milhões de dólares) em troca dos direitos internacionais e a capacidade de exibir o filme fora dos Estados Unidos duas semanas após a New Line o lançar nas salas de cinema norte-americanas.



Itens relacionados

Copyright © 1999-2017 C7nema. Todos os direitos reservados/All rights reserved.