Menu
RSS


Paul Schrader: «hoje temos quase vergonha em ser americanos»

Paul Schrader vai estrear em Veneza o seu mais recente projeto, First reformed, e numa entrevista ao jornal La Repubblica, o argumentista de Taxi Driver e realizador de filmes como American Gigolo (1980) e A Rapariga na Zona Quente (1979) adiantou que este seu novo projeto será diametramelmente oposto ao "violentíssimo" Como Cães Selvagens, o qual estreou recentemente em Portugal: "É uma meditação sobre o nosso mundo e a sua espiritualidade. São tempos sérios, então chegou a hora de [fazer] um filme sério".

Schrader prosseguiu, acrescentando que o tema surge em muitos filmes de hoje porque vivemos tempos "onde podemos ver o fim do mundo como o conhecemos. Por milénios, filósofos e teólogos de todas as civilizações fizeram perguntas, mas agora é o moments em que a grande resposta está a chegar. O meu filme aborda essa questão, não do ponto de vista social, mas explorando a interioridade do homem".


Ethan Hawke em First reformed

Uma das razões certamente porque o cineasta fala do "final dos tempos" e escolheu lançar agora First reformed tem a ver com o momento político e social nos EUA. Schrader não nega e vai mesmo mais longe, afirmando que "hoje temos quase vergonha em ser americanos, é um momento difícil para aqueles que cresceram a pensar que a América era um recurso para o mundo. Descobrimos que somos o oposto: um problema para o mundo e temos que nos perguntar como isto pôde acontecer, e de maneira tão fácil e rápida".

Já sobre as novas plataformas e a possibilidade em trabalhar para a TV, o realizador parece aberto à ideia: "Certamente, eu trabalharia numa série, todos o fazem. Hoje, os maiores argumentistas trabalham na TV e não nos filmes, é um facto. Hoje, podemos ver filmes de todos os países, mas simplesmente não temos tempo para fazê-lo".



Deixe um comentário

voltar ao topo

Atenção! Este website usa Cookies.

Ao navegar no website estará a consentir a sua utilização. Saber mais

Entendi

Os Cookies

Utilizamos cookies para armazenar informação, tais como as suas preferências pessoais quando visitam o nosso website. Os cookies são pequenos ficheiros de texto que um site, quando visitado, coloca no computador do utilizador ou no seu dispositivo móvel, através do navegador de internet (browser). 

Você tem o poder de desligar os seus cookies, nas configurações do seu browser, ou efetuando alterações nas ferramentas de programas AntiVirus. No entanto, isso poderá alterar a forma como interage com o nosso website, ou outros websites.

 Tipo de cookies que poderás encontrar no c7nema?

Cookies estritamente necessários : Permitem que navegue no website e utilize as suas aplicações, bem como aceder a eventuais áreas seguras do website. Sem estes cookies, alguns serviços que pretende podem não ser prestados.

Cookies analíticos (exemplo: contagem de visitantes e que páginas preferem): São utilizados anonimamente para efeitos de criação e análise de estatísticas, no sentido de melhorar o funcionamento do website.

Cookies funcionais

Guardam as preferências do utilizador relativamente à utilização do site, de forma que não seja necessário voltar a configurar o website cada vez que o visita.

Cookies de terceiros

Medem o sucesso de aplicações e a eficácia da publicidade de terceiros. Podem também ser utilizados no sentido de personalizar widgets com dados do utilizador.

Cookies de publicidade

Direcionam a publicidade em função dos interesses de cada utilizador. Limitam a quantidade de vezes que vê o anúncio, ajudando a medir a eficácia da publicidade e o sucesso da organização do website.

Para mais detalhes visite http://www.allaboutcookies.org/

Secções

Quem Somos

Segue-nos

Contactos