Menu
RSS

 



Morreu Jerry Lewis (1926-2017)

Jerry Lewis em As Noites Loucas do Dr. Jerryll (1963)

O ator, realizador, comediante, cantor, produtor e argumentista Jerry Lewis morreu este domingo (20) com 91 anos. Ficou célebre pelo seu humor slapstick ao lado do seu colega Dean Martin no duo Martin & Lewis onde Martin interpretava o homem mais racional e "comum", enquanto Lewis era a personagem mais extrovertida e desajeitada. Este duo fez espetáculos ao vivo, televisão e 17 filmes, entre os quais o aclamado Pintores e Raparigas (1955). Esta parceria acabou em 1956, ao fim de 10 anos.

Foi, no entanto, como realizador que mais se destacou, tendo sido desconsiderado pelos americanos, mas muito aclamado pela crítica francesa. O seu estilo, caracterizado por cenários de cores vivas, um ritmo dos vários elementos da cena bem controlado e uma louvável noção do timing cómico tornaram-no numa referência no mundo da comédia cinematográfica e do cinema. Era visto como um auteur, uma vez que tinha o controlo inteiro de todos os aspetos do filme.

Dean Martin e Jerry Lewis

Dos 13 filmes que realizou, destacam-se Jerry no Grande Hotel (1960), sobre um rapaz mudo e desajeitado que trabalha num hotel em Miami; O Homem das Mulheres (1961), onde um homem passa a habitar uma casa habitada por imensas mulheres; e As Noites Loucas do Dr. Jerryll (1963), uma paródia do conto O Médico e o Monstro de Robert Louis Stevenson, onde um cientista "totó" toma uma poção que o torna um homem atraente. O seu último filme realizado foi Jerry Tu És Louco (1983).

Dos 13 filmes realizados, ainda hoje permanece para ser lançado The Day the Clown Cried (1972), um drama passado num campo de concentração Nazi, onde um palhaço leva crianças para as câmaras de gás. Tal aconteceu porque Lewis arrependeu-se de ter feito o filme.

Martin Scorsese contratou ainda Jerry Lewis para contracenar com Robert de Niro no seu filme O Rei da Comédia (1982).

Foi também anfitrião dos óscares por 3 vezes. Em 2009 foi-lhe atribuído o Jean Hersholt Humanitarian Award, um Óscar atribuído a personalidades muito dedicadas a causas humanitárias.

Jerry Lewis e Robert de Niro em O Rei da Comédia (1982)

 



Deixe um comentário

voltar ao topo

Contactos

Quem Somos

Segue-nos