Logo
 Imprimir esta página

Cannes: Não é em Jupiter, é na Terra. Chegam os primeiros apupos!

Depois da indiferença de Les Fantômes d'Ismael, chegam as primeiras vaias nesta edição de Cannes, desta feita vindas de uma das grandes apostas da competição, o novo filme de Kornél Mundruczó, Jupiter's Moon.

É certo que obras costuradas com elementos fantásticos têm o que se lhes diga no tão mediático festival. Junta-se a isso, uma temática sobre a crise de refugiados na Europa e uma produção de alto teor visual. Está tudo dito, temos filme para a vaia.

Contudo, Jupiter's Moon é algo bizarro, um filme de sensações mistas onde de um lado temos uma narrativa visual impressionante e do outro um argumento que por vezes falha na coerência xom um moralismo de difícil caracter. Sim, é um filme que tem tudo para se adorar, da mesma maneira que para odiar.

Ao menos, a metáfora alicerçada na ficção cientifica disfarça aquela postura de olhar para baixo, o "moral high ground" que um Sean Penn, e mais recentemente Vanessa Redgrave, têm nas suas variações de vaidades privilegiadas. Mas isso não evitou que no final não se ouvisse fortes apupos.



Galeria de Imagens

Cannes: Não é em Jupiter, é na Terra. Chegam os primeiros apupos!

Itens relacionados

Copyright © 1999-2017 C7nema. Todos os direitos reservados/All rights reserved.