Menu
RSS

 



Lisbeth Salander e Mikael Blomkvist regressam aos cinemas em 2018

A Rapariga Apanhada na Teia de Aranha, da Sony Pictures, será lançado nos cinemas a 5 de outubro de 2018.

Fede Alvarez (Nem Respires) dirigirá o filme, que contará com um novo elenco. Rooney Mara e Daniel Craig, bem como o realizador David Fincher, não vão regressar à saga. O plano da Sony é que esta adaptação funcione como um reboot cinematográfico de toda a franquia. Steven Knight and Alvarez & Jay Basu escreveram o argumento.

Recorde-se que a trilogia assinada por Larsson (Os Homens que Odeiam as Mulheres; A Rapariga que Sonhava com uma Lata de Gasolina e um Fósforo; A Rainha no Palácio das Correntes de Ar) foi transformada em 3 filmes produzidos na Suécia e um nos EUA. Apesar da versão americana de Os Homens que Odeiam as Mulheres ter arrecadado cerca de 233 milhões de dólares globalmente, o seu alto custo de produção (90 milhões de dólares) levou a que a Sony decidisse reiniciar o conceito.

Em A Rapariga Apanhada na Teia de Aranha,  o quarto livro da saga Millennium e o primeiro que não foi escrito pelo criador da saga, Stieg Larsson, a hacker Lisbeth Salander e o jornalista de investigação Mikael Blomkvist são apanhados no centro de um emaranhado de espiões, criminosos cibernéticos e governos corruptos.

Tudo começa uma noite, quando Blomkvist recebe um telefonema de uma fonte confiável, declarando ter informação vital para os Estados Unidos. A fonte tinha estado em contacto com uma jovem mulher, uma super-hacker que se parecia com alguém que Blomkvist conhecia bem de mais. As consequências são surpreendentes. Blomkvist, a precisar urgentemente de um furo jornalístico para a Millennium, pede ajuda a Lisbeth, que, como habitualmente, tem a sua agenda própria. 

Scott Rudin e Amy Pascal vão produzir esta adaptação.



Deixe um comentário

voltar ao topo

Contactos

Quem Somos

Segue-nos