Logo
 Imprimir esta página

Líbano proíbe a estreia de «O Atentado» (The Attack)

O filme libanês de «O Atentado» (The Attack), de Ziad Doueiri, pode até ter tido uma longa e gloriosa carreira nos festivais internacionais, mas no seu país isso não valeu de nada já que a obra foi – como tantas outras – censurada e impedida de estrear nas salas locais.

Embora nenhuma explicação oficial tenha sido avançada, em causa deverá estar uma lei de 1955 que boicota qualquer trabalho ou produto que teve a sua concepção no estado de Israel. Neste caso específico, o filme teve a sua ação filmada em Telavive, o que agora parece impedir a obra de estrear no Libano.

Recordamos que «O Atentado» é baseado no best-seller de Yasmina Khadra. Na fita estamos num restaurante cheio em Telavive, local onde uma mulher faz explodir a bomba que dissimulava debaixo da sua túnica de grávida. Durante todo o dia, o doutor Amine, um palestiniano, opera em cadeia as inumeráveis vítimas desse atentado, mas mais tarde terá o conhecimento que o bombista suicida foi a sua própria mulher. O médico parte então numa busca sem tréguas pelos responsáveis.

Para Doueiri, a opção de filmar em Israel prendeu-se com o material original, acrescentando ainda que esta legislação arcaica não serve nem o Libano, nem a Palestina.



Copyright © 1999-2018 C7nema. Todos os direitos reservados/All rights reserved.