Menu
RSS


Realidade imita ficção: Jovens de Shaolin treinam Kung Fu e Futebol



Foi em 2001 que Stephen Chow realizou “Shaolin Soccer”, um filme que conjuga duas paixões chinesas: as artes marciais e o futebol.
 
No filme seguíamos Fung (Man Tat Ng), uma estrela do futebol na sua juventude e que hoje é um simples auxiliar de uma grande equipa, constantemente humilhado pelo presidente, Hung (Patrick Tse). Mas o seu desejo é um dia chegar a treinador.
 
Por seu lado Sing (Stephen Chow), um antigo mestre de artes marciais, procura formas de reavivar o kung fu de Shaolin, na Hong Kong dos dias de hoje. De um inesperado encontro entre Fung e Sing surge a ideia de treinar uma equipa de futebol, com base no kung fu de Shaolin, e inscrevê-la no Torneio Nacional da Super Cup.
 
E assim nascia uma das obras de maior culto do cineasta. E foi de tal maneira que foram constantes os vídeos do filme a passarem de " target="_blank">mail em mail
 
Agora a realidade imita a ficção, e a fusão do Kung Fu e do futebol está a ser posta em prática num famoso tempo de Shaolin, em Chengchow. É aí que mais de 2000 crianças estão a aprender artes marciais, e que 40 delas começam a aprender a jogar futebol.
 
A escola, denominada Academia de Futebol Juvenil de Shaolin, foi construída no mesmo espaço onde os monges de Shaolin se educam no reino e espiritualidade das artes marciais. Com expectativas de sucesso, foi contratado um treinador com experiência internacional na prática do futebol. A escolha recaiu sobre Tchami, antigo internacional camaronês que jogou em equipas como o Boca Juniors (Argentina), Hertha Berlim (Alemanha) e Nice (França).
 
Em declarações à agência chinesa Xinhua, Shi Yanlu – responsável técnico da equipa – adiantou que “isto é apenas o começo, pois mais crianças vão começar a jogar e mais campos profissionais da modalidade serão construídos."  "Acreditamos que alguns destes miúdos podem-se tornar estrelas internacionais", conclui.
 
Já Tchami, adiantou que as artes marciais fazem os atletas muito fortes e rápidos, faltando apenas saberem manejar uma bola. Mas se manejam uma espada ou um pau com uma precisão abismal, a bola é apenas um novo instrumento.
 
Será que ainda vamos ver uma equipa de futebol de Shaolin ser mesmo criada e competir internacionalmente, como no filme “Shaolin Soccer”? Já faltou mais…
 
Para verem imagens dos treinos reais destes “miúdos”, cliquem aqui.
 
Jorge Pereira 



Deixe um comentário

voltar ao topo

Contactos

Quem Somos

Segue-nos