Menu
RSS


Independent Spirit Awards: os nomeados - A24 continua a liderar

Foram hoje conhecidos os nomeados aos Independent Spirit Awards. E se há uma tendência que se mantém é a liderança da distribuidora A24 com doze nomeações ao todo, e  que consegue colocar dois dos seus filmes nos nomeados para o prémio principal de Melhor Filme: Eight Grade de Bo Burnham (4 nomeações no total) e First Reformed de Paul Schrader (outras 4 nomeações). Destaque também para a presença de Hereditary de Ari Aster na categoria de Melhor Primeiro Filme e Melhor Atriz (Toni Collette) - ainda assim, uma ligeira decepção face às reações que varreram o mundo no primeiro semestre do ano. Collette mantém ainda assim acesas as hipóteses de ser nomeada ao Oscar, assim como Glenn Close por The Wife (outra das nomeadas para Melhor Atriz) - o prémio de melhor atriz estará claramente aqui entre estas duas.

Na categoria de Melhor Ator prevê-se uma batalha entre Ethan Hawke (First Reformed) e Joaquin Phoenix (You Were Never Really Here).

We the Animals é tecnicamente o filme com mais nomeações (com cinco no total), mas falhou Melhor Filme e Melhor Realizador. 

A juntar-se a First Reformed e a Eight Grade na categoria de Melhor Filme estão: If Beale Street Could Talk (outro oscarizável, não fosse do Sr. Barry Moonlight Jenkins), You Were Never Really Here de Lynne Ramsay (foto acima) e Leave no Trace de Debra Granik. 

Por regras destes prémios, dois dos favoritos aos Oscar - Roma de Alfonso Cuaron (Leão de Ouro em Veneza) e The Favourite de Yorgos Lanthimos (Melhor Atriz em Veneza) ficaram relegados à categoria de Melhor Filme Internacional, fazendo companhia a Shoplifters de Hirokazu Koreeda (Palma de Ouro em Cannes), Lazzaro Felice de Alice Rohrwacher (Itália, Prémio de Melhor Argumento em Cannes) e Burning de Chang-dong Lee (prémio FIPRESCI em Cannes, também em competição pela Palma de Ouro). Portanto, uma seleção relativamente simples do melhor que se passou nos festivais internacionais. 

Em termos de decepções estão Spike Lee e o seu BlacKkKlansman (foto acima), que se ficou com uma nomeação apenas para ator secundário (Adam Driver, o "branco" da narrativa ironicamente), mas nada que deva demover os prognósticos que Lee e o seu filme devem ter uma recepção bem mais calorosa junto da Academia de Hollywood. Richard E. Grant (Can You Ever Forgive Me? outro dos filmes que se esperava melhor performance, tendo Melissa McCarthy sido arredada dos nomeados) aparenta ser o favorito na categoria de secundário, enquanto que Regina King (If Beale Street Could Talk) será a grande oscarizável da sua categoria (melhor atriz secundária). 

Private Life de Tamara Jenkins teve uma performance um pouco atípica - terá estado muito perto da nomeação para o prémio mais importante, Jenkins conseguiu ser nomeada para realizadora e argumento, assim como a secundária Kayli Carter (a sobrinha), mas as ausências de Paul Giamatti e sobretudo Kathryn Hahn são de coçar a cabeça, sobretudo quando conseguiram arranjar seis cadeiras para Melhor Atriz. 

Os vencedores serão anunciados a 23 de fevereiro. Eis a lista completa de nomeados: 

MELHOR FILME
Eighth Grade

First Reformed
If Beale Street Could Talk
Leave No Trace
You Were Never Really Here

MELHOR ATOR
John Cho, Searching

Daveed Diggs, Blindspotting
Ethan Hawke, First Reformed
Christian Malheiros, Sócrates
Joaquin Phoenix, You Were Never Really Here

MELHOR ATRIZ
Glenn Close, The Wife

Toni Collette, Hereditary
Elsie Fisher, Eighth Grade
Regina Hall, Support the Girls
Helena Howard, Madeline’s Madeline
Carey Mulligan, Wildlife

MELHOR ATOR SECUNDÁRIO
Raúl Castillo, We the Animals
Adam Driver, BlacKkKlansman
Richard E. Grant, Can You Ever Forgive Me?
Josh Hamilton, Eighth Grade
John David Washington, Monsters and Men

MELHOR ATRIZ SECUNDÁRIA
Kayli Carter, Private Life
Tyne Daly, A Bread Factory
Regina King, If Beale Street Could Talk
Thomasin Harcout McKenzie, Leave No Trace
J. Smith-Cameron, Nancy

MELHOR REALIZADOR
Debra Granik, Leave No Trace

Barry Jenkins, If Beale Street Could Talk
Tamara Jenkins, Private Life
Lynne Ramsay, You Were Never Really Here
Paul Schrader, First Reformed

MELHOR ARGUMENTO
Richard Glatzer (Writer/Story By), Rebecca Lenkiewicz & Wash Westmoreland, Colette

Nicole Holofcener & Jeff Whitty, Can You Ever Forgive Me?
Tamara Jenkins, Private Life

Boots Riley, Sorry to Bother You
Paul Schraer, First Reformed

MELHOR PRIMEIRO ARGUMENTO

Bo Burnham, Eighth Grade
Christina Choe, Nancy
Cory Finley, Thoroughbreds
Jennifer Fox, The Tale
Quinn Shephard (Writer/Story By) and Laurie Shephard (Story By), Blame

MELHOR FOTOGRAFIA
Ashley Connor, Madeline’s Madeline

Diego Garcia, Wildlife
Benjamin Loeb, Mandy
Sayombhu Mukdeeprom, Suspiria
Zak Mulligan, We the Animals

MELHOR MONTAGEM
Joe Bini, You Were Never Really Here

Keiko Deguchi, Brian A. Kates & Jeremiah Zagar, We the Animals
Luke Dunkley, Nick Fenton, Chris Gill & Julian Hart, American Animals
Anne Fabini, Alex Hall and Gary Levy, The Tale
Nick Houy, Mid90s

MELHOR FILME INTERNACIONAL
Burning (Coreia do Sul)

The Favourite (Reino Unido)
Happy as Lazzaro (Itália)
Roma (México)
Shoplifters (Japão)

MELHOR DOCUMENTÁRIO
Hale County This Morning, This Evening

Minding the Gap
Of Fathers and Sons
On Her Shoulders
Shirkers

Won’t You Be My Neighbor?

MELHOR PRIMEIRO FILME
Hereditary
Sorry to Bother You

The Tale
We the Animals
Wildlife

BONNIE AWARD
Debra Granik

Tamara Jenkins
Karyn Kusama

PRODUCERS AWARD
Jonathan Duffy and Kelly Williams

Gabrielle Nadig
Shrihari Sathe

SOMEONE TO WATCH AWARD

Alex Morrato, Sócrates
Ioana Uricaru, Lemonade
Jeremiah Zagar, We the Animals

TRUER THAN FICTION AWARD
Alexandria Bombach, On Her Shoulders
Bing Liu, Minding the Gap
RaMell Ross, Hale County This Morning, This Evening



Deixe um comentário

voltar ao topo

Contactos

Quem Somos

Segue-nos