Menu
RSS

 



Quando Gary Oldman atacou ferozmente os Globos de Ouro

Gary Oldman ganhou o Globo de Ouro de melhor ator (drama) pela sua participação em Darkest Hour (A Hora mais Negra) e, como manda o protocolo, subiu ao palco para os agradecimentos. Porém, o jornal Express repescou uma entrevista de 2014 à Playboy em que Oldman criticava violentamente estes prémios: "[É] um evento sem sentido", disse Oldman. "A Associação de Imprensa Estrangeira em Hollywood brinca com você, fingindo que está ali algo a acontecer. Eles são ridículos. Não está nada a acontecer. São 90 Zé ninguéns a masturbarem-se ".

O ator prosseguiu: "Toda a gente está a emborcar, e todos estão a bajular-se uns aos outros", continuou ele. "Boicotem essa coisa maldita. Apenas digam que não vamos entrar nesse jogo parvo com vocês. Os Oscars são diferentes. Mas é showbiz. É tudo showbiz. Isto faz-me parecer invejoso ou algo assim, não é?"

Esta não tinha sido a primeira vez que Oldman mostrava aversão aos Globos de Ouro. Dois anos antes, Oldman venceu o galardão de melhor ator nos prémios da revista Empire, graças ao seu desempenho em A Toupeira. Sem nomeação aos Globos, Oldman disse que ficou satisfeito pelos fãs que votaram nele nos prémios da publicação, pois não era uma distinção "política", como nos Globos e Ouro. "Nos Oscars e BAFTAs, a votação e tudo é bastante direto. Mas nos Globos de Ouro, na imprensa estrangeira, é uma coisa completamente diferente ", afirmou.

Será que agora ainda pensa o mesmo...



Deixe um comentário

voltar ao topo

Secções

Contactos

Quem Somos

Segue-nos