Menu
RSS


«Vivir Es Fácil con los Ojos Cerrados» por Roni Nunes

Poucas bandas de rock se prestarão tão bem a homenagens nostálgicas e sentimentais quanto os Beatles, responsáveis por uma impressionante quantidade de ícones da música pop. Enquanto Robert Zemeckis pegava num dos mais famosos hits do grupo, I Want to Hold Your Hand, para batizar a sua leitura da beatlemania, em 1978, o espanhol David Trueba apropriou-se de um verso de Strawberry Fields Forever para dar nome à sua aventura.

Esta parte do caso verídico de um professor de uma pequena cidade espanhola (aqui vivido por Javier Câmara) que, em 1966, pôs o pé na estrada para tentar conhecer um dos seus grandes ídolos – nada menos que John Lennon. Este, no auge da crise com os seus companheiros, procurava outros rumos para sua carreira e resolveu apostar na interpretação. Junto a Richard Lester, habitual realizador de filmes dos fab four, o músico veio para Almería, na Andaluzia, para filmar o pacifista How I Won the War. O académico acaba por juntar no caminho um adolescente a fugir de um lar repressor (Francesc Colomer) e uma jovem um pouco mais velha (Natalia de Molina) que tenta esquecer um passado triste.

Trueba transforma o seu road movie num típico filme agradável e emocional de autodescoberta – cativante e simpático na mesma medida em que não apresenta nada de novo (o drama coming-of-age, por exemplo). Destaque para Molina, cuja comunhão personagem/atriz é um verdadeiro achado.

O Melhor: cativante e agradável de se ver
O pior: não consegue fugir à previsibilidade do conceito


Roni Nunes



Deixe um comentário

voltar ao topo

Contactos

Quem Somos

Segue-nos