Menu
RSS


«Musarañas» por Jorge Pereira

«My sister doesn't ever go out. She's not fit to receive visitors». Esta citação é de What Ever Happened To Baby Jane (1962), mas podia perfeitamente ser algo que ouviríamos em Musarañas, um thriller com elementos de horror psicológicos e físicos que acrescenta a atriz espanhola Macarena Gómez ao rol de interpretações memoráveis no que toca a personagens neuróticas e doentias no cinema. A sua resposta a certo ponto do filme quando a irmã lhe pergunta como foi o dia dela, «foi agitado», entra diretamente para o topo dos melhores momentos negros do cinema de género espanhol, deixando igualmente antever para os argumentistas e realizadores Juanfer Andrés e Esteban Roel – aqui sob a produção de Alex De La Iglesia - um futuro muito risonho.

Duas irmãs vivem uma recatada e sofrida vida numa Espanha em plenos anos 50. De um lado temos Montse (Gómez), a mais velha, que para além de sofrer de agorafobia é viciada em morfina que vai arranjando através de uma amiga para quem faz vestidos. Profundamente religiosa e abusiva na proteção à sua irmã (Nadia de Santiago), ambas vivem com a memória do pai (o inevitável Luis Tosar), o qual desapareceu há anos atrás durante a guerra. Porém, este vai aparecendo frequentemente a Montse em forma de alucinação, dando-nos pistas frequentes que esta personagem não está no seu melhor estado mental. Quando o vizinho de cima tem um acidente nas escadas e Montse o resgata e cuida dele, tudo vai mudar nas suas vidas, vindo à memória filmes como Misery e até Boxing Helena.

Carregado de gore e momentos narrativos muito pacientes frequentemente dilacerados por situações over the top à conta de Montse, Musarañas é mais uma demonstração de força do cinema de horror psicológico de nuestros hermanos, o qual tem explodido em qualidade na última década, principalmente porque soube muito bem acrescentar uma forte camada de drama às suas personagens e enredos misteriosos, nunca esquecendo o contexto histórico, religioso e muitos traumas da ditadura de Franco.

Tecnicamente irrepreensível na sua direção artística e na cinematografia, Musarañas é assim um filme verdadeiramente a não perder pelos amantes do cinema psicótico, mesmo que na verdade não traga nada de verdadeiramente inovador.

O Melhor: O balanceamento do drama e do terror com os momentos mais gore
O Pior: O twist final torna-se a certo ponto previsível 


Jorge Pereira



Deixe um comentário

voltar ao topo

Atenção! Este website usa Cookies.

Ao navegar no website estará a consentir a sua utilização. Saber mais

Entendi

Os Cookies

Utilizamos cookies para armazenar informação, tais como as suas preferências pessoais quando visitam o nosso website. Os cookies são pequenos ficheiros de texto que um site, quando visitado, coloca no computador do utilizador ou no seu dispositivo móvel, através do navegador de internet (browser). 

Você tem o poder de desligar os seus cookies, nas configurações do seu browser, ou efetuando alterações nas ferramentas de programas AntiVirus. No entanto, isso poderá alterar a forma como interage com o nosso website, ou outros websites.

 Tipo de cookies que poderás encontrar no c7nema?

Cookies estritamente necessários : Permitem que navegue no website e utilize as suas aplicações, bem como aceder a eventuais áreas seguras do website. Sem estes cookies, alguns serviços que pretende podem não ser prestados.

Cookies analíticos (exemplo: contagem de visitantes e que páginas preferem): São utilizados anonimamente para efeitos de criação e análise de estatísticas, no sentido de melhorar o funcionamento do website.

Cookies funcionais

Guardam as preferências do utilizador relativamente à utilização do site, de forma que não seja necessário voltar a configurar o website cada vez que o visita.

Cookies de terceiros

Medem o sucesso de aplicações e a eficácia da publicidade de terceiros. Podem também ser utilizados no sentido de personalizar widgets com dados do utilizador.

Cookies de publicidade

Direcionam a publicidade em função dos interesses de cada utilizador. Limitam a quantidade de vezes que vê o anúncio, ajudando a medir a eficácia da publicidade e o sucesso da organização do website.

Para mais detalhes visite http://www.allaboutcookies.org/

Secções

Quem Somos

Segue-nos

Contactos