Menu
RSS


«Une Nouvelle Amie» (Uma Nova Amiga) por Hugo Gomes

Segundo François Ozon, a tragédia leva-nos ao encontro dos maiores dilemas do nosso íntimo, neste caso o travestismo como escape dos nossos fantasmas interiores, mas nunca a sua confrontação. Nesta sua nova obra, Une Nouvelle Amie, somos remetidos a um homem que (re)descobre a mulher que há em si depois da morte da sua mulher. Tendo vergonha desse seu desejo, ele fecha-se em casa durante dias até ser incentivado pela melhor amiga da sua falecida amada.

Vamos ser sinceros, é deveras embaraçoso assistir um ator como Roman Duris a pavonear-se como uma "drag queen" neste drama trágico-cómico, que é conduzido mais pela intuição instantânea do autor e menos pela tentativa de obter um balanço entre os diferentes teores fílmicos.

Também é verdade que filmes destes, de momento, já estabeleceram os seus próprios lugares-comuns, estereótipos e arquétipos, mas neste caso Ozon demonstra a sua inesperada faceta, a de manipulador. Ou seja, por teoria o realizador do maravilhoso Dentro de Casa arranja todas as desculpas possíveis e impossíveis para que possa abordar o dito travestismo sem cair no ridículo argumentativo ou vergar pela comédia pura e "screwball". A verdade é que consegue por vias da sua mestria como realizador, havendo sequências de tirar o folgo pela sua exímia orquestração e pela forma como este emocionalmente expõe os assuntos de teor sexual.

Pois bem, quando por fim chegamos a aceitar com seriedade o enredo transmitido, Ozon tem outra "safadeza" na manga, fazer o espectador duvidar da orientação sexual dos seus outros personagens em função de um prolongado jogo de sugestão. Tal como a bela assistente do ilusionista que só está lá para nos distrair, enquanto o respetivo artista prepara o seu truque descaradamente, o cineasta francês intercala a atenção do espectador com subenredos psicadélicos para que este desvie a atenção ao satírico que a trama apresenta. E é sob essa mencionada "manipulação" que atribuímos uma ambígua consideração a este Une Nouvelle Amie.

Sim, trata-se de uma obra bem filmada, interpretada, tecnicamente composta, aliás, todos elementos característicos e salientados na carreira do autor que cada vez mais afirma na indústria cinematográfica. Porém, este é o seu filme mais desequilibrado e desinspirado desde Potiche (que nos concluiu que a comédia satírica não foi feita para ele). Ao percorrer território já caminhado por Almodóvar, o realizador prova-nos que aqui apenas consegue iludir.

O melhor - a realização de Ozon e os atores (principalmente a transexualidade de Roman Duris)
O pior - o enredo não consegue a seriedade necessária em que pese Ozon esforçar-se para obtê-la


Hugo Gomes
(Crítica originalmente escrita em setembro de 2014)

 



Deixe um comentário

voltar ao topo

Atenção! Este website usa Cookies.

Ao navegar no website estará a consentir a sua utilização. Saber mais

Entendi

Os Cookies

Utilizamos cookies para armazenar informação, tais como as suas preferências pessoais quando visitam o nosso website. Os cookies são pequenos ficheiros de texto que um site, quando visitado, coloca no computador do utilizador ou no seu dispositivo móvel, através do navegador de internet (browser). 

Você tem o poder de desligar os seus cookies, nas configurações do seu browser, ou efetuando alterações nas ferramentas de programas AntiVirus. No entanto, isso poderá alterar a forma como interage com o nosso website, ou outros websites.

 Tipo de cookies que poderás encontrar no c7nema?

Cookies estritamente necessários : Permitem que navegue no website e utilize as suas aplicações, bem como aceder a eventuais áreas seguras do website. Sem estes cookies, alguns serviços que pretende podem não ser prestados.

Cookies analíticos (exemplo: contagem de visitantes e que páginas preferem): São utilizados anonimamente para efeitos de criação e análise de estatísticas, no sentido de melhorar o funcionamento do website.

Cookies funcionais

Guardam as preferências do utilizador relativamente à utilização do site, de forma que não seja necessário voltar a configurar o website cada vez que o visita.

Cookies de terceiros

Medem o sucesso de aplicações e a eficácia da publicidade de terceiros. Podem também ser utilizados no sentido de personalizar widgets com dados do utilizador.

Cookies de publicidade

Direcionam a publicidade em função dos interesses de cada utilizador. Limitam a quantidade de vezes que vê o anúncio, ajudando a medir a eficácia da publicidade e o sucesso da organização do website.

Para mais detalhes visite http://www.allaboutcookies.org/

Secções

Quem Somos

Segue-nos

Contactos