Menu
RSS


Queer Lisboa: «In The Name Of» por André Gonçalves

Religião e homossexualidade encontram-se mais uma vez em confronto, desta vez na história de um padre armariado que gere um centro para reabilitação de jovens problemáticos, e acaba interessado num deles.

A premissa é de si só tão curiosa como medonha, e por isso em primeiro lugar há que dar o devido mérito a Maigoszka Szumowska (mais uma mulher atrás das câmaras) por tratar do assunto de um modo que foge a sensacionalismos ou didatismos fáceis, com ambiguidade moral q.b....

Dito isto, saí com a sensação de não ter sido agarrado o suficiente por uma trama que a pontos nem sabe bem o que contar, e anda ali às voltas, cortando cenas a meio que mereciam outra continuidade em prol da atenção do espectador. Pena, porque de facto, este vencedor do Teddy Bear tem o seu mérito, incluindo uns quantos pormenores individuais de invejar uns quantos concorrentes (bela cena a do milheral por exemplo, onde a ansiedade de não saber para onde a história se vai virar encontra ali um propósito!), e percebe-se o apelo que possa ter, em termos cinematográficos. Só que cinema é mais que um conjunto de belos planos, para mim...


André Gonçalves



Deixe um comentário

voltar ao topo

Contactos

Quem Somos

Segue-nos