Menu
RSS


Morreu Assi Dayan (1945-2014)

Assi (Assaf) Dayan, um dos mais conhecidos e conceituados atores, escritores e realizadores de Israel, morreu esta manhã em Telavive aos 68 anos.

O filho mais novo de um dos maiores heróis militares israelitas, Moshe Dayan, Assi é considerado um dos pioneiros da indústria cinematográfica israelita e criador de alguns dos seus filmes mais icónicos, embora o seu comportamento fora dos «palcos» e a sombra do seu pai nunca levassem o público israelita a «morrer de amores» por ele. «A única coisa que herdei de meu pai é a sua azia e impaciência», afirmou Assi numa entrevista ao diário Haaretz em 2010.

A sua carreira começou como ator e em 1971 chegou a ser nomeado a um globo de ouro como o mais promissor dos seus pares pela sua participação em Promise at Dawn.  Mar Baum (1997), Odot Ha-Monitin (2001), Ha-Shiva MeHodu (2002), Medurat Hashevet (2004), Bekarov, Yikre Lekha Mashehu Tov (2006), Things Behind the Sun (2006), e Hofshat Kaits (2007) foram alguns dos filmes que participou e pelos quais foi premiado e até vencedor nos Prémios do Cinema Israelita.


Assi Dayan em O Espião sem amanhã (1976)

Assi foi também protagonista da série de TV BeTipul (2005), que viria a ter um remake norte-americano sob o nome In Treatment (Terapia).

Os seus últimos anos foram atolados de controvérsias públicas, incluindo relacionamentos fracassados​​, problemas de saúde e abuso de substâncias, sendo muitas vezes descrito como o enfant terrible da cinematografia local.

Entre os últimos projetos que realizou ou atuou destaque para Meduzot (Jellyfish) em 2007 e Dr. Pomerantz  em 2011.



Deixe um comentário

voltar ao topo

Contactos

Quem Somos

Segue-nos