Logo
 Imprimir esta página

Artista conservador ataca os Oscars ao estilo "Três Cartazes à Beira da Estrada"

Depois de ter atacado Meryl Streep, através de cartazes de rua com inscrição "She Knew", por a atriz alegadamente saber sobre a história de Harvey Weinstein e dos casos de assédio e abuso sexual, e Jimmy Kimmel, devido a uma manobra perigosa na estrada, Sabo, um ex-marine dos EUA e artista conservador de direita, colocou 3 cartazes provocatórios em Hollywood, bem perto do local onde vai decorrer a cerimónia dos Oscars.

Reminiscente dos cartazes do filme de Martin McDonagh, cada outdoor faz rederência à indústria do cinema na esteira dos movimentos #MeToo e TimesUp. "We all knew and still no arrests" (Todos sabíamos, mas ainda não houve detenções), diz um dos cartazes, seguido de outro "And the Oscar for the biggest pedophile goes to..." (O Oscar para maior pedófilo vai para...) e "Name names on stage or shut the hell up!" (Nomeie os nomes em palco ou calem-se!). 

"O meu objetivo final com esses outdoors é que talvez eu possa quebrar a fachada dos atores durante o show [Oscars] porque sei que se eles pudessem escolher o caminho, eles agiriam como se nada tivesse acontecido", afirmou Sabo, conhecido por atacar os circuítos liberais dos EUA.



Itens relacionados

Copyright © 1999-2018 C7nema. Todos os direitos reservados/All rights reserved.