Logo
 Imprimir esta página

Diane Kruger defende Tarantino devido a cena de "Sacanas Sem Lei"

A atriz Diane Kruger - que vimos recentemente nos cinemas em Uma Mulher Não Chora - veio a público esclarecer a sua experiência a trabalhar com Quentin Tarantino, isto depois de diversos relatos e rumores que implicavam que teria ficado desagradada com a preparação de uma cena de Sacanas Sem Lei em que é sufocada.

Na origem do caso está uma cena de Kill Bill, referenciada num artigo sobre Uma Thurman no The New York Times (e depois explicada por Tarantino em entrevista), e que alegadamente também tinha sucedido com Kruger. 

"À luz das recentes alegações feitas por Uma Thurman contra Harvey Weinstein e a sua experiência de trabalho terrível em Kill Bill, o meu nome foi mencionado em numerosos artigos sobre a cena de estrangulação em Inglourious Basterds (Sacanas Sem Lei)", escreveu Kruger no Instagram. A atriz acrescentou ainda que estes são tempos importantes que o seu coração está com "a Uma [Thurman] e a qualquer pessoa que tenha sido vítima de agressões e abusos sexuais.".

Finalizando, a atriz disse: "Para que fique registado, gostaria de dizer que a minha experiência de trabalho com Quentin Tarantino foi de pura alegria. Ele tratou-me com o mais absoluto respeito e nunca abusou do seu poder ou me forçou a fazer qualquer coisa com a qual eu não estava confortável".

 

In light of the recent allegations made by Uma Thurman against Harvey Weinstein and her terrifying work experience on “Kill Bill”, my name has been mentioned in numerous articles in regards to the choking scene in “Inglourious Basterds”. This is an important moment in time and my heart goes out to Uma and anyone who has ever been the victim of sexual assault and abuse. I stand with you. For the record however, I would like to say that my work experience with Quentin Tarantino was pure joy. He treated me with utter respect and never abused his power or forced me to do anything I wasn’t comfortable with. With love, D xoxo

Uma publicação partilhada por Diane Kruger (@dianekruger) a



Itens relacionados

Copyright © 1999-2018 C7nema. Todos os direitos reservados/All rights reserved.