Menu
RSS


Aguenta-te aos 40: o cansaço da meia-idade

this-is-40-aguenta-te-aos-40-por-carla-calheiros
 
Temas comuns à vida de todos, como casamento, família, trabalho e a própria existência ganham novas cores quando se chega aos 40. “Aguenta-te aos 40” vai buscar dois personagens secundários de “Um Azar do Caraças” (2007), Pete (Paul Rudd) e Debbie (Leslie Mann), para abordar estas questões em forma de comédia dramática. 

Ambos são pequenos empresários. Ele gere uma editora discográfica a lutar duramente pela sobrevivência; ela uma boutique com duas empregadas (Megan Fox e Charlyne Yi, que também entrava na obra de 2007). Paralelamente às dificuldades no trabalho, a família não dá descanso: há uma filha a entrar na adolescência e outra de oito anos que também exige atenção (Maude e Iris Apatow, respetivamente). A coroar isto tudo, a enorme crise de negação de Debbie, que não consegue aceitar o fato de estar a fazer 40 anos.

Quem também parece ir demonstrando algum cansaço de meia-idade é a verdadeira fábrica de sucessos de Judd Apatow, argumentista, produtor e realizador que teve uma carreira meteórica neste século. “Aguenta-te aos 40” não foi um flop, mas também ficou abaixo de outros projetos seus. Já os críticos, que em geral concederam respostas positivas à maioria dos seus trabalhos anteriores, desta vez o receberam medianamente. 


A fábrica de hits de Judd Apatow

A Apatow Productions esteve por trás de diversos sucessos de público e crítica deste século, para além de ter alçado ao estrelado uma quantidade impressionantes de atrizes e atores. Dos 17 filmes que a empresa lançou a partir de 2004, quando iniciou com “O Repórter: a Lenda de Ron Burgundy”, 12 foram bem-sucedidos nas bilheteiras. Quatro foram realizados pelo próprio Apatow, incluindo “Virgem aos 40” e “Um Azar do Caraças”, dois dos maiores “hits” da companhia. Um dos flops também ficou por sua conta, “Gente Gira” (2009), que era muito mais sério e tinha Adam Sandler no papel principal. 

Na conta de sucessos da produtora registo ainda para filmes como “As Corridas Loucas de Ricky Bobby” (2006), “Super Baldas” (2007), “Um Belo Par... de Patins” (2008), “Filhos e Enteados” (2008), “Alta Pedrada” (2008), “É Muito Rock, Meu!” (2010) e “A Melhor Despedida de Solteiro” (2011). 

Os dois filmes anteriores a “Aguenta-te aos 40” indicavam uma tendência descendente. Se “Espera Aí… que já Casamos”, com Jason Segel e Emily Blunt, ainda safou-se medianamente, “Amor e Outras Cenas”, com Jennifer Aniston e Paul Rudd falhou. Para 2013 está prevista a retomada da história do protagonista do primeiro e bem-sucedido primeiro filme, “The Anchorman: The Legends Continue”.
 
 
 
 Realização: Judd Apatow
Elenco: Paul Rudd, Leslie Mann, John Lithgow, Megan Fox, Albert Brooks, Melissa McCarthy, Jason Segel, Charlyne Yi. EUA, 2012.
 
 

 

Deixe um comentário

voltar ao topo

Secções

Categorias

Quem Somos

Segue-nos

Contactos