Menu
RSS


"Roma", "Suspiria" e "The House That Jack Built" adicionados à programação do Lisbon & Sintra Film Festival

 

A inclusão na secção fora de competição dos novos filmes de Alfonso Cuarón (Roma, numa exibição única nas salas de cinema nacionais), Luca Guadagnino (Suspiria) e Lars Von Trier (The House That Jack Built - na imagem acima) são alguns dos destaques da "atualização" da programação da 12ª edição do LEFFEST, Lisbon & Sintra Film Festival, que vai decorrer de 16 a 25 de novembro.

Dovlatov de Aleksey German Jr,  Rojo de Benjamin Naishta, At Eternity’s Gate, de Julian Schnabel, e La Flor de Mariano llinás são outros filmes a serem exibidos no certame, juntando-se assim aos já anunciados The Sisters Brothers de Jacques Audiard, Capharnaum de Nadine Labaki, High Life de Claire Denis, Loro I e II de Paolo Sorrentino, Non Fiction de Olivier Assayas, The Wild Pear Tree, de Nuri Bilge Ceylan, e o vencedor da última Palma de Ouro, Shoplifters, de Kore-eda Hirokazu. 


Willem Dafoe em At Eternity’s Gate

Em sentido inverso, e devido à sua estreia estar agendada para um outro festival internacional, o novo filme de Rita Azevedo Gomes, A Portuguesa, já não será exibido nem estará em competição no LEFFEST. Nessa competição, Blaze de Ethan Hawke e Ray & Lyz de Richard Billingham juntaram-se a obras como Vox Lux, o novo filme de Brady Corbet, cujo A Infância de Líder fez parte da programação do certame há uns anos atrás. Ainda nesta secção, temos velhos conhecidos do festival, como Christian Petzold (Transit) e Louis Garrel (L'homme fidèle). O cineasta Walter Salles, os pianistas Martha Argerich e Stephen Kovacevich, o escritor e realizador Jonathan Littel, a cantora Chrysra Bell e o artista Jorge Queirós fazem parte do júri.

 
Ethan Hawke

Como é habitual, o certame contará ainda com várias manifestações artísticas além Cinema, como exposições (Small Stories de David Lynch; Sychogenic Fugue de Sandro Miller; "Artures" do artista turco Yüksel Arslan), espetáculos de dança (Dub Love - O Desafio da Gravidade e do Etéreo) e ciclos temáticos (Neoliberalismo - A Semente Do Populismo E Dos Novos Fascismos?; Um Desejo chamado Utopia). 


Destaque ainda para os “Works in progress”, de Mathieu Amalric e as antestreias de Piazzola, Los Años del Tiburón, de Daniel Rosenfeld, Sauvages de Dennis Berry, 8, Avenue Lénine, de Valérie Mitteaux e Anna Pitoun, Caminhos Magnetykos, de Edgar Pêra, Ainda Tenho Um Sonho ou Dois - A História dos Pop Dell'Arte, de Nuno Galopim e Nuno Duarte, sempre com conversas com os realizadores. Também numa sessão especial, Jean-Claude Carrière, um dos mais importantes argumentistas da história do cinema, falará sobre o seu trabalho, nomeadamente com Luís Buñuel, realizador do filme Cet Obscur Object du Désir (1977) que o festival exibirá em cópia restaurada. Nesta secção, serão ainda exibidos dois filmes de Pierre Léon, Deux Rémi Deux (2015) e Deux Dames Sérieuses (1988), apresentados pelo realizador. O espaço Nimas acolhe também numa sessão muito especial o regresso de Laurie Anderson a portugal, que apresentará materiais sonoros e visuais inéditos, acompanhados por uma conversa / performance. 

12ª edição do LEFFEST vai decorrer no Cinema Medeia Monumental, Espaço Nimas, Centro Cultural Olga Cadaval, Palácio Nacional de Queluz, MU.SA Museu das Artes de Sintra, Tetro Nacional D Maria II, Cinematec Portuguesa e Palácio Nacional de Sintra.



Deixe um comentário

voltar ao topo

Contactos

Quem Somos

Segue-nos