Logo
 Imprimir esta página

«Redemoinho» vence 9ª edição do FESTin

Redemoinho, de José Luiz Villamarim, conquista o prémio de Melhor Longa-Metragem de Ficção na Competição da 9ª edição do FESTin. Contando o reencontro de dois amigos de infância que não se viam desde um evento trágico, o filme conseguiu para além da distinção máxima, o prémio de realização.

Nas interpretações, Grace Passô em Praça Paris e Marat Descartes por Mulher do Pai saem os vencedores das suas respetivas categorias, enquanto que o Açúcar, de Renata Pinheiro e Sérgio Oliveira, detêm o título de Melhor Filme para o Júri da Crítica.

Como Nossos Pais, de Laís Bodanzky, que contará com estreia nacional, conquistou o “paladar do público”.

 

CATEGORIA DE LONGA-METRAGEM

Melhor longa-metragem: “Redemoinho” de José Villamarim

Melhor realizador: José Villamarim por “Redemoinho”

Melhor atriz: Grace Passô por “Praça Paris”

Melhor ator: Marat Descartes por “Mulher do Pai”

Melhor filme – Júri da Crítica: “Açúcar” de Renata Pinheiro e Sérgio Oliveira

Menção honrosa de longa-metragem - Júri da crítica: “Mulher do Pai” de Cristiane Oliveira

Melhor filme – Júri Popular: “Como Nossos Pais” de Laís Bodanzky

CATEGORIA DE CURTA-METRAGEM

Melhor curta-metragem: “A gis” de Thiago Carvalhaes

Menção honrosa de curta-metragem: “África na Europa” de Atcho Express e “Carga” de Luis Campos

Melhor curta-metragem – Júri Popular: “Hospital da memória” de Pedro Paula de Andrade

CATEGORIA DOCUMENTÁRIO

Melhor Documentário: “Saudade” de Paulo Caldas

Menção honrosa de Documentários: “Serviçais das memórias à identidade” de Nilton Medeiros

Melhor documentário – Júri Popular: “Serviçais das memórias à identidade” de Nilton Medeiros

CATEGORIA INFANTOJUVENIL

Melhor filme – Júri popular infantil: “Como surgiram as estrelas” de Renato Barbieri e Adriana Meirelles



Itens relacionados

Copyright © 1999-2018 C7nema. Todos os direitos reservados/All rights reserved.