Logo
 Imprimir esta página

Primeiras novidades do Queer Lisboa 21 e Queer Porto 3

Foi já revelada uma ponta do véu para a programação do Queer Lisboa 21 e Queer Porto 3.

No que toca ao festival mais antigo da capital, terá lugar entre 15 e 23 de setembro. Como filme de abertura, há a estreia nacional de God's Own Country, primeira longa-metragem de Francis Lee que tem já recolhido elogios lá fora. Nas homenagens, "uma das primeiras artistas a trabalhar a internet como ferramenta artística": a taiwanesa Shu Lea Cheang, que terá assim uma retrospetiva a ter lugar no Cinema São Jorge e no MNAC - Museu Nacional de Arte Contemporânea do Chiado. A artista estará presente para falar do seu trabalho e dar uma "masterclass".

Já o Queer Porto 3, a decorrer de 4 a 8 de outubro, dará destaque na sua programação ao norte-americano Peter Friedman, autor de um dos mais importantes documentos cinematográficos sobre o VIH/SIDA: Silverlake Life: The View From Here, de 1993, terá então estreia nacional no Porto, com a presença do realizador. A figura de Friedman acabou por influenciar uma nova secção intitulada "This is Me", sob a qual farão parte registos históricos de expressões autobiográficas "queer" no cinema, como são os casos de Mapplethorpe: Look at the Pictures do fotógrafo Robert Mappplethorpe. e Tarnation de Jonathan Canouette. O Queer Porto encerrará a sua edição com a exibição de 1:54 de Yan England, sobre o bullying nas escolas.



Itens relacionados

Copyright © 1999-2017 C7nema. Todos os direitos reservados/All rights reserved.