Logo
 Imprimir esta página

«Django» abrirá a próxima edição do Festival de Cinema de Berlim

O filme de abertura da próxima edição do Festival de Cinema de Berlim, que decorrerá de 9 a 19 de fevereiro, é Django de Etienne Comar (mais conhecido como argumentista e produtor de Dos Homens e Deuses (2010) e o mais recente Meu Rei (2015)).

Django (sem qualquer relação com a personagem dos westerns de Corbucci ou com a de Tarantino) revolve à volta do célebre guitarrista e compositor Django Reinhardt, focando-se no seu sucesso, mas também na necessidade de fugir dos Nazis durante a Segunda Guerra Mundial.

Segundo o diretor da Berlinale, Dieter Kosslick, "Django Reinhardt foi um dos pioneiros mais brilhantes do jazz europeu e o pai do gypsy jazz. Django relata, de forma envolvente, um capítulo na vida do música e é um relato fulcral de sobrevivência. Perigo constante, a fuga e as atrocidades cometidas à sua família não o impediram de continuar a tocar."

É o trabalho de estreia de Comar e o protagonista é interpretado por Reda Kateb (Os Belos Dias de Aranjuez).



Itens relacionados

Copyright © 1999-2017 C7nema. Todos os direitos reservados/All rights reserved.