Menu
RSS

 



«Antes o Tempo Não Acabava» triunfa no Queer Lisboa 20

201609456 4 IMG FIX 700x700

Foi na passada noite de sábado divulgada a lista de vencedores do Queer Lisboa 20.

O brasileiro "Antes o Tempo Não Acabava" de Sérgio Andrade e Fábio Baldo, triunfa na competição de longas-metragens de ficção. O filme arrecada ainda o prémio de Melhor Ator da competição para Anderson Tikuna. Quanto ao prémio de Melhor Atriz, foi para Julia Lübbert no chileno "Rara" de Pepa San Martín, que conquistou igualmente o Prémio do Público.

O júri de competição de Melhor Documentário decidiu atribuir o prémio máximo ao italiano Irrawaddy Mon Amour de Valeria Testagrossa, Nicola Grignani e Andrea Zambelli. "Waiting for B." de Paulo César Toledo e Abigail Spindel foi o escolhido pelo público. Houve ainda lugar para uma Menção Especial para o norte-americano "Coming Out", de Alden Peters. 

O domínio brasileiro nos prémios estendeu-se ainda à secção Queer Art, onde a "A Paixão de JL" de Carlos Nadar venceu o Prémio de Melhor Filme, numa secção também com Menção Especial para  "Trilogie de nos vies défaites" de Vincent Dieutre. .

Nas curtas-metragens, prémio do júri para "1992" do francês Anthony Doncque, menção honrosa para "Como En Arcadia" de Jordi Estrada, e prémio do público para "Pink Boy" de Erick Rockey.

Finalmente, na secção "In My Shorts" (curtas vindas de escolas) o prémio ficou em casa. "Children, Madonna and Child, Death and Transfiguration" de Ricardo Vieira Lisboa foi o grande vencedor aqui. O júri decidiu também atribuir duas menções especiais: a "La Tana", de Lorenzo Caproni, e "Climax" de Fulvio Balmer Rebullida.



Deixe um comentário

voltar ao topo

Contactos

Quem Somos

Segue-nos