Menu
RSS

 



MOTELx arranca com "filme-sensação"

dont-breathe-sdcc-interview-02-600x338 1

Ruggero Deodato, o realizador do incontornável Holocausto Canibal, estará presente na comemorativa 10ª edição do MOTELx: Festival Internacional de Cinema de Terror de Lisboa. Nesta edição, para além da homenagem ao autor do controverso filme que serviu de modelo para a geração seguinte de terror, visto nos dias de hoje como o pai do found footage, teremos ainda como grande novidade a primeira edição da Competição de Longas-Metragens, um certame dotado de sete filmes oriundos dos quatros cantos da Europa que certamente irão povoar os nossos pesadelos mais profundos.  

O festival arrancará amanhã (6/9/16) com a sensação de Fede Alvarez, Nem Respires, que tem vindo a dominar o box-office norte-americano nas passadas duas semanas. O realizador do remake de Evil Dead apresenta-nos três jovens assaltantes dispostos a executar um último, mas perfeito golpe. A tentativa de assaltar a casa de um velho cego abastado revela-se automaticamente num mórbido pesadelo.

Existe muito por onde olhar, por outras palavras, "assustar" nesta nova mostra de terror, desde o resgate crítico de Walerian Borowczyk, o excêntrico realizador polaco radicado na França, que será representado por duas das suas perversas obras (La Béte, Docteur Jekyll et les Femmes), até à estreia mundial de O Segredo das Pedras Vivas, uma obra de produção complicada do mestre da fantasia lusitana, António de Macedo, a marcar a já habitual secção Quarto Perdido.

Para ver mais sobre a programação, cliquem aqui



Deixe um comentário

voltar ao topo

Secções

Contactos

Quem Somos

Segue-nos