Menu
RSS

 



Melancolia à beira-mar: uma conversa com Jean-François Laguionie

O realizador francês é um dos mestres da animação no seu país e concedeu à competição da Monstra deste ano um dos seus filmes mais contemplativos. Louise en Hiver é uma melancólica meditação sobre o envelhecimento e a solidão daí inerente.

Pela terceira vez em Lisboa (na penúltima teve no festival de animação português o seu magnífico Le Tableau), o cineasta de 77 anos, já premiado em Cannes, Annecy e nos Cesar, conversou com o C7nema, justamente, sobre o ato de envelhecer... "O filme fala, evidentemente, da velhice – mas também da revolta pessoal contra a sensação de abandono que ocorre nesta idade".

Estreado comercialmente em França em novembro do ano passado, conta a história de uma idosa (voz de Dominique Frot) que perde o último comboio de volta para casa numa cidade litorânea. Aos poucos, vai se apercebendo de que ficou sozinha na localidade e não tem meios para sair dali. A partir daí o enredo mistura os seus esforços para contornar a situação e o afeto por um cão igualmente solitário com as suas lembranças. "É um acaso de vida que pode acontecer a todos. A partir dai ela não aceita essa situação e vai tentar resistir."

O projeto vem de um livro homónimo do próprio realizador que, no entanto, lançou vários filmes antes de decidir adaptar o texto – inspirado, sobretudo, no processo de envelhecimento da mãe. As recordações da protagonista, por seu lado, conferem uma graça especial na evolução da trama. "Quanto mais velho ficamos mais temos a tendência a pensar na infância, na juventude. Louise pensa em quando era menina e nos momentos que passava com a sua avó", diz. Pelo caminho, sobra tempo para breves contatos com o amor, a morte, a separação.

Uma referência explícita é a da história de Robinson Crusoé – mas o foco, definitivamente, não é o da aventura. "A única aventura que existe é a do comboio", observa Laguionie. "O resto é um diário que escrevemos quando somos novos, para contar as nossas impressões diárias e onde ela conta essas descobertas, a sua relação com a natureza, com os animais... Ela agora vai poder explorar tudo sobre ela mesma, pois tem tempo".

Louise en Hiver não tem previsão de lançamento em Portugal.



Deixe um comentário

voltar ao topo

Contactos

Quem Somos

Segue-nos