Menu
RSS


«Un sac de billes» (Os Meninos que Enganavam os Nazis) por Jorge Pereira

Tem o seu quê de refrescante esta segunda adaptação ao Cinema do livro autobiográfico de Joseph Joffo, Un sac de billes (Os Meninos que Enganavam os Nazis), publicado em 1973, embora o realizador canadiano Christian Duguay, que sucede a Jacques Doillon, cujo filme data de 1975, caia frequentemente num melodramatismo de puxar a lágrima fácil, isto com o forte auxílio da cinematografia melancólica de Christophe Graillot e da banda-sonora de índole trágica de Armand Amar.

A história de dois meninos judeus afastados dos pais que tem de atravessar França para os reencontrar, tendo frequentemente de escapar à perseguição dos nazis, cai por diversas vezes nos lugares comuns do género e na bidimensionalidade de todas as personagens secundárias, mas é ao mesmo tempo rejuvenescedora no seu jeito sensível de apresentar os pequenos a serem forçados a chegar à idade adulta por causa de uma guerra terrível.

E é nos dois pequenos, Dorian Le Clech e Batyste Fleurial, que o filme mostra o que de melhor tem em si, no seu relacionamento, cumplicidade, ingenuidade e perseverança. O problema é que Duguay - mesmo dando uma nova força à figura paternal e escolhendo a Steadicam para acompanhar e procurar uma maior proximidade aos sentimentos e perigos que afetam os jovens - cai por diversas vezes no cinema espectáculo da manipulação emocional (veja-se a estilização visual dos reencontros familiares), sem que isso tenha verdadeiramente uma melhoria em relação ao livro e ao filme de 1975.

Esta tem sido, aliás, uma tendência do cinema francófono quando aborda a questão judia no território. As Crianças de Paris ou A Viagem de Fanny parecem construídos mais para passarem mensagens, moralidades, e imporem o choro na audiência, do que realmente serem objetos artísticos viscerais, incisivos e crus que retratem fielmente o drama vivido e toda a extensão da tragédia que se abateu na vida das pessoas afetadas pelo nazismo.


Jorge Pereira



Deixe um comentário

voltar ao topo

Atenção! Este website usa Cookies.

Ao navegar no website estará a consentir a sua utilização. Saber mais

Entendi

Os Cookies

Utilizamos cookies para armazenar informação, tais como as suas preferências pessoais quando visitam o nosso website. Os cookies são pequenos ficheiros de texto que um site, quando visitado, coloca no computador do utilizador ou no seu dispositivo móvel, através do navegador de internet (browser). 

Você tem o poder de desligar os seus cookies, nas configurações do seu browser, ou efetuando alterações nas ferramentas de programas AntiVirus. No entanto, isso poderá alterar a forma como interage com o nosso website, ou outros websites.

 Tipo de cookies que poderás encontrar no c7nema?

Cookies estritamente necessários : Permitem que navegue no website e utilize as suas aplicações, bem como aceder a eventuais áreas seguras do website. Sem estes cookies, alguns serviços que pretende podem não ser prestados.

Cookies analíticos (exemplo: contagem de visitantes e que páginas preferem): São utilizados anonimamente para efeitos de criação e análise de estatísticas, no sentido de melhorar o funcionamento do website.

Cookies funcionais

Guardam as preferências do utilizador relativamente à utilização do site, de forma que não seja necessário voltar a configurar o website cada vez que o visita.

Cookies de terceiros

Medem o sucesso de aplicações e a eficácia da publicidade de terceiros. Podem também ser utilizados no sentido de personalizar widgets com dados do utilizador.

Cookies de publicidade

Direcionam a publicidade em função dos interesses de cada utilizador. Limitam a quantidade de vezes que vê o anúncio, ajudando a medir a eficácia da publicidade e o sucesso da organização do website.

Para mais detalhes visite http://www.allaboutcookies.org/

Secções

Quem Somos

Segue-nos

Contactos