Logo
 Imprimir esta página

«Notas do Campo» por Jorge Pereira

A artista visual Catarina Botelho usa a austeridade como tema de conversa neste seu trabalho em vídeo para apresentar imagens «em direção ao Sul, cada vez mais secas e na direção oposta aos centros de poder» que impuseram políticas económicas que desgastaram a população, aqui representada por duas vozes precárias que, olhando para trás, fazem um balanço das transformações das suas vidas e na sua forma de pensar em termos políticos.

Demasiado simples na abordagem (conversas em jeito de desabafo) e na técnica (as imagens sucedem-se como se viajássemos de comboio ou carro), Notas do Campo é um trabalho reflexivo mas definitivamente escasso e a certo ponto totalmente redundante sobre o imprevisto, o medo instalado, o instinto de sobrevivência, a desesperança, e onde igualmente surgem comparações entre o modo de vida da geração de 1980 (que viveu sempre a crescer economicamente) com os tempos de agora, isto após um sismo financeiro que não se soube antecipar e do qual ainda se teme novas réplicas.

E não faltam simbolismos no jogo entre imagens e diálogos, como aquele riacho a transbordar e a trespassar uma estrada (da vida?) de forma incalculada, ou um caminhar para solos mais estéreis e desérticos, como que demonstrando que não são só as paisagens que sofrem erosão, mas igualmente as pessoas, como as nossas duas porta-vozes.


Jorge Pereira



Itens relacionados

Copyright © 1999-2017 C7nema. Todos os direitos reservados/All rights reserved.