Menu
RSS


«Petit Paysan» por Jorge Pereira

Ver a história de um homem de trinta e poucos anos que é criador de vacas leiteiras e terá de lidar com uma epidemia que ameaça dizimar todo o seu rendimento, não é propriamente o programa noturno que qualquer cinéfilo sonhe, mas quando tudo é transformado num thriller psicológico de primeiro nível, num estudo de relações familiares e de dependências matriarcais, e na morte de uma ruralidade romantizada (ai, a vida do campo é que é), estamos perante argumentos mais que suficientes para dizer que este Petit Paysan é um dos Ovnis cinematográficos mais curiosos e interessantes do ano.

A culpa desse interesse é quase totalmente do seu realizador e argumentista, Hubert Charuel, mais um produto da La Fémis, que durante os 90 minutos de duração da obra nos deixa inquietos com o destino da exploração agro-pecuária e do seu protagonista, um soberbo Swann Arlaud na pele de um homem preso na engrenagem de uma vida rural que não lhe oferece grandes alternativas, e que aos poucos se vai transformando numa espécie de psicótico à medida que os problemas surgem - não faltando mesmo imagens trabalhadas pelo realizador e diretor de fotografia onde ele é quase colado a um vilão do terror para adolescentes (veja-se a cena no celeiro, ele com uma marreta na mão).

Fascina a segurança do realizador em mostrar a destruição do Mundo do protagonista, enquanto paralelamente se faz uma reflexão sobre as fragilidades da vida campestre e dos apoios a esta. E tudo isto sem nunca cair no exagero caricatural, ou no drama chorão miserabilista.

Com isto, Charuel consegue um primeiro filme absolutamente pungente e que augura um grande futuro na realização.


Jorge Pereira



Deixe um comentário

voltar ao topo

Atenção! Este website usa Cookies.

Ao navegar no website estará a consentir a sua utilização. Saber mais

Entendi

Os Cookies

Utilizamos cookies para armazenar informação, tais como as suas preferências pessoais quando visitam o nosso website. Os cookies são pequenos ficheiros de texto que um site, quando visitado, coloca no computador do utilizador ou no seu dispositivo móvel, através do navegador de internet (browser). 

Você tem o poder de desligar os seus cookies, nas configurações do seu browser, ou efetuando alterações nas ferramentas de programas AntiVirus. No entanto, isso poderá alterar a forma como interage com o nosso website, ou outros websites.

 Tipo de cookies que poderás encontrar no c7nema?

Cookies estritamente necessários : Permitem que navegue no website e utilize as suas aplicações, bem como aceder a eventuais áreas seguras do website. Sem estes cookies, alguns serviços que pretende podem não ser prestados.

Cookies analíticos (exemplo: contagem de visitantes e que páginas preferem): São utilizados anonimamente para efeitos de criação e análise de estatísticas, no sentido de melhorar o funcionamento do website.

Cookies funcionais

Guardam as preferências do utilizador relativamente à utilização do site, de forma que não seja necessário voltar a configurar o website cada vez que o visita.

Cookies de terceiros

Medem o sucesso de aplicações e a eficácia da publicidade de terceiros. Podem também ser utilizados no sentido de personalizar widgets com dados do utilizador.

Cookies de publicidade

Direcionam a publicidade em função dos interesses de cada utilizador. Limitam a quantidade de vezes que vê o anúncio, ajudando a medir a eficácia da publicidade e o sucesso da organização do website.

Para mais detalhes visite http://www.allaboutcookies.org/

Secções

Quem Somos

Segue-nos

Contactos