Menu
RSS


«100 Men» por André Gonçalves

E se um dia cada um de nós fizesse uma lista de pessoas com quem tivemos sexo? Foi o que decidiu fazer o neo-zelandês Paul Oremland. O realizador escolheu assim um top 100 de encontros sexuais que o mais marcaram, filmando-se a si próprio e à sua experiência sexual de 40 anos interligada com registos históricos que traçam a evolução do ativismo queer, através do sexo.

A primeira impressão de "100 Men" é de sermos inundados por uma torrente de informação a vários níveis, a um ritmo de mais de um homem na lista por minuto em média. Saúde mental, monogamia vs. relações abertas, promiscuidade vs. vivência plena da sexualidade sem preconceitos, VIH/SIDA, redes de dating, manifestações ativistas, a queda de um tempo (e uma cultura), com o encerramento de bares históricos... Se há algo que Oremland consegue provar com a sua história de vida é que o sexo precede e sucede a tudo o que se passa à nossa volta. Sobretudo quando falamos de uma comunidade que foi precisamente atacada ao longo destas últimas décadas pelo que lhes era sexualmente atraente. Estas 100 experiências, ora relativamente anónimas (usando descritivos em vez de nomes), ora associadas a um modelo de amor romântico, ora tendo um final trágico, estão bem reordenadas para formar uma narrativa consistente. 

Existe portanto um intimismo querido, provocado também por estarmos a falar de encontros íntimos expostos publicamente para fazer um ponto global empático sobre a nossa experiência comum. Cinematograficamente, é um documentário bastante simples: o típico modelo entrevista, com o grande rasco criativo a ser a inclusão de filmes anteriores do próprio realizador a serem até usados como simulação dos tempos narrados. Mas é ainda assim um compêndio muito estimável do que foi e é ser gay na nossa era - no Reino Unido, na Nova Zelândia ou aqui.

André Gonçalves



Deixe um comentário

voltar ao topo

Atenção! Este website usa Cookies.

Ao navegar no website estará a consentir a sua utilização. Saber mais

Entendi

Os Cookies

Utilizamos cookies para armazenar informação, tais como as suas preferências pessoais quando visitam o nosso website. Os cookies são pequenos ficheiros de texto que um site, quando visitado, coloca no computador do utilizador ou no seu dispositivo móvel, através do navegador de internet (browser). 

Você tem o poder de desligar os seus cookies, nas configurações do seu browser, ou efetuando alterações nas ferramentas de programas AntiVirus. No entanto, isso poderá alterar a forma como interage com o nosso website, ou outros websites.

 Tipo de cookies que poderás encontrar no c7nema?

Cookies estritamente necessários : Permitem que navegue no website e utilize as suas aplicações, bem como aceder a eventuais áreas seguras do website. Sem estes cookies, alguns serviços que pretende podem não ser prestados.

Cookies analíticos (exemplo: contagem de visitantes e que páginas preferem): São utilizados anonimamente para efeitos de criação e análise de estatísticas, no sentido de melhorar o funcionamento do website.

Cookies funcionais

Guardam as preferências do utilizador relativamente à utilização do site, de forma que não seja necessário voltar a configurar o website cada vez que o visita.

Cookies de terceiros

Medem o sucesso de aplicações e a eficácia da publicidade de terceiros. Podem também ser utilizados no sentido de personalizar widgets com dados do utilizador.

Cookies de publicidade

Direcionam a publicidade em função dos interesses de cada utilizador. Limitam a quantidade de vezes que vê o anúncio, ajudando a medir a eficácia da publicidade e o sucesso da organização do website.

Para mais detalhes visite http://www.allaboutcookies.org/

Secções

Quem Somos

Segue-nos

Contactos