Menu
RSS


«Mãe Há Só Uma» por André Gonçalves

Um jovem de 17 anos descobre que a sua mãe afinal é apenas uma mulher que o roubou e à sua irmã a duas famílias. 

A ter que definir sobre o que é este novo filme da realizadora e argumentista Anna Muylaert (A Que Horas Ela Volta), vem apenas uma palavra: identidade. Depois da polícia prender a sua "mãe de criação", Pierre é convidado a mudar de identidade: é separado da única família que conheceu, e muda-se para a casa da família biológica que não o conhece, que tem outro nome para ele. Para complicar o empreendimento, temos então o factor queer: é que Pierre/Felipe é transgénero, e recusa-se a abdicar desse aspecto, para ira destes progenitores no papel. 

Perante este enredo telenovelesco, "Mãe Há Só Uma" nunca deixa de ser cinema, é verdade. Após um primeiro ato intrigante, o filme vai então acumulando pequenos momentos de desconexão que desembocam numa cena minimamente memorável no provador de roupa, que assinala assim o grande ponto de rotura com uma narrativa, que até esse ponto estava a ser, para todos os efeitos, subtilmente eficaz - tirando alguns momentos formalmente mais óbvios (como o uso de slow motion a certo ponto). Há algo neste clímax não anunciado, culminando então num final abrupto, que se revela um pouco mais inacreditável que a própria história em si, e ultimamente deixando um travo de frustração global. Por outro lado, é bom ter acabado cedo, antes que houvesse mesmo um colapso maior. 

Quanto à decisão de colocar a mesma atriz a fazer das duas mães, parece mais um gesto irónico que realmente necessário, e é até algo que até passa à primeira vista despercebido, tal a diferença que Daniela Nefussi imprime a estes dois papéis. 

Um filme de umas quantas valências à frente e atrás das câmaras mas que acaba por resolver este "duplo roubo" de uma forma até bem explícita, mesmo carecendo de uma resolução à séria... 

André Gonçalves



Deixe um comentário

voltar ao topo

Atenção! Este website usa Cookies.

Ao navegar no website estará a consentir a sua utilização. Saber mais

Entendi

Os Cookies

Utilizamos cookies para armazenar informação, tais como as suas preferências pessoais quando visitam o nosso website. Os cookies são pequenos ficheiros de texto que um site, quando visitado, coloca no computador do utilizador ou no seu dispositivo móvel, através do navegador de internet (browser). 

Você tem o poder de desligar os seus cookies, nas configurações do seu browser, ou efetuando alterações nas ferramentas de programas AntiVirus. No entanto, isso poderá alterar a forma como interage com o nosso website, ou outros websites.

 Tipo de cookies que poderás encontrar no c7nema?

Cookies estritamente necessários : Permitem que navegue no website e utilize as suas aplicações, bem como aceder a eventuais áreas seguras do website. Sem estes cookies, alguns serviços que pretende podem não ser prestados.

Cookies analíticos (exemplo: contagem de visitantes e que páginas preferem): São utilizados anonimamente para efeitos de criação e análise de estatísticas, no sentido de melhorar o funcionamento do website.

Cookies funcionais

Guardam as preferências do utilizador relativamente à utilização do site, de forma que não seja necessário voltar a configurar o website cada vez que o visita.

Cookies de terceiros

Medem o sucesso de aplicações e a eficácia da publicidade de terceiros. Podem também ser utilizados no sentido de personalizar widgets com dados do utilizador.

Cookies de publicidade

Direcionam a publicidade em função dos interesses de cada utilizador. Limitam a quantidade de vezes que vê o anúncio, ajudando a medir a eficácia da publicidade e o sucesso da organização do website.

Para mais detalhes visite http://www.allaboutcookies.org/

Secções

Quem Somos

Segue-nos

Contactos