Menu
RSS


«El cadáver de Anna Fritz» (O Cadáver de Anna Fritz) por Jorge Pereira

Edgar Allan Poe acreditava que nada seria mais romântico que um poema sobre a morte de uma mulher bonita. Nos tempos de hoje, a cultura das celebridades exige mais que apenas a beleza. É preciso também fama. O catalão Hèctor Hernández Vicens responde em 2015 com O Cadáver de Anna Fritz, um filme bem longe do romantismo que Poe falava e que explora, acima de tudo, o que os instintos primitivos, em especial o medo, contribuem para trazer ao ser humano o que de pior há nele.

Poucos ou nenhuns detalhes sobre o enredo serão explicados nesta crítica. O que precisam saber, e se vê no trailer, é que Anna Fritz é uma atriz famosa que é encontrada morta. O seu corpo é levado para a morgue, local onde um grupo de homens decide ter sexo com o seu cadáver. O que vem a seguir é suspense em toda a linha, num ensaio de sobrevivência, crime e castigo. Nada de novo por aqui, mas suficientemente fresco, engenhoso e sem o choque pelo choque para nos prender até ao fim.

Por isso mesmo, e sempre carregado de uma atmosfera desconcertante, O Cadáver de Anna Fritz consegue extrair do seu enredo e mise-en-scène  minimalista (uma maravilha para um filme independente e de baixo custo) o que de melhor há no cinema deste género. No fundo, temos praticamente toda a ação a ocorrer num único espaço, já de si claustrofóbico, poucas personagens e eventos que ocorrem apenas numa noite (num par de horas, para ser mais exato).

Todos estes elementos contribuem para uma sensação permanente de clausura e pressão, em especial para os protagonistas, sempre em permanente turbulência emocional naquilo que têm de fazer a seguir. Dos truques de Hitchcock até ao exploitation série B, não esquecendo a essência moralmente perturbante que é violar um cadáver, Vicens maneja tudo para criar aquele que é um dos mais simples, moralmente distorcidos e melhores filmes do género de 2015.


Jorge Pereira



Deixe um comentário

voltar ao topo

Atenção! Este website usa Cookies.

Ao navegar no website estará a consentir a sua utilização. Saber mais

Entendi

Os Cookies

Utilizamos cookies para armazenar informação, tais como as suas preferências pessoais quando visitam o nosso website. Os cookies são pequenos ficheiros de texto que um site, quando visitado, coloca no computador do utilizador ou no seu dispositivo móvel, através do navegador de internet (browser). 

Você tem o poder de desligar os seus cookies, nas configurações do seu browser, ou efetuando alterações nas ferramentas de programas AntiVirus. No entanto, isso poderá alterar a forma como interage com o nosso website, ou outros websites.

 Tipo de cookies que poderás encontrar no c7nema?

Cookies estritamente necessários : Permitem que navegue no website e utilize as suas aplicações, bem como aceder a eventuais áreas seguras do website. Sem estes cookies, alguns serviços que pretende podem não ser prestados.

Cookies analíticos (exemplo: contagem de visitantes e que páginas preferem): São utilizados anonimamente para efeitos de criação e análise de estatísticas, no sentido de melhorar o funcionamento do website.

Cookies funcionais

Guardam as preferências do utilizador relativamente à utilização do site, de forma que não seja necessário voltar a configurar o website cada vez que o visita.

Cookies de terceiros

Medem o sucesso de aplicações e a eficácia da publicidade de terceiros. Podem também ser utilizados no sentido de personalizar widgets com dados do utilizador.

Cookies de publicidade

Direcionam a publicidade em função dos interesses de cada utilizador. Limitam a quantidade de vezes que vê o anúncio, ajudando a medir a eficácia da publicidade e o sucesso da organização do website.

Para mais detalhes visite http://www.allaboutcookies.org/

Secções

Quem Somos

Segue-nos

Contactos