Logo
 Imprimir esta página

Sebastiano Riso sofre ataque homofóbico em Roma

 

O realizador de cinema Sebastiano Riso, cujo mais recente filme, Una Famiglia, teve a sua estreia no Festival de Veneza, foi vítima de um ataque homofóbico em Roma.

Segundo o jornal La Repubblica, a agressão remonta à tarde de segunda-feira, quando Riso estaria a chegar ao seu apartamento. Dois homens interceptaram o cineasta e esmurraram-no no rosto e no estômago, isto enquanto o insultavam por ser homossexual: «Ontem fui esmurrado três vezes e sinto-me atacado como homossexual, como diretor e como pessoa», afirmou Riso, acrescentando «Como homossexual porque, enquanto me batiam, insultaram-me com termos homofóbicos. Como diretor porque atacaram o tema do meu último filme, a possibilidade dos casais homossexuais formarem a sua própria família».

Internado durante os próximos dez dias no hospital Fatebenefratelli, o realizador de filmes como Più Buio di Mezzanotte, acrescentou que além do medo e da raiva que sente, está certo que vai continuar a se expressar da mesma forma ou «ainda mais do que antes».



Itens relacionados

Copyright © 1999-2017 C7nema. Todos os direitos reservados/All rights reserved.