Menu
RSS

 



Imagem a promover amor em «Call Me By Your Name» gera polémica

 

A página da NOS Cinemas apagou a publicação referida na notícia abaixo

Call Me By Your Name chega finalmente aos nossos cinemas esta quinta-feira (dia 18), com distribuição da Big Picture Films, mas a dois dias antes da estreia, uma estratégia peculiar de marketing da NOS Cinemas está já a gerar polémica nas redes sociais.

Na imagem em questão (acima), com um subtítulo "Histórias sobre amor." e a hashtag "#Chamamepeloteunome", temos a foto de Elio, um dos protagonistas do filme, interpretado por Timothée Chalamet, e Marzia (interpretada por Esther Garrel, filha do cineasta Philippe Garrel e irmã de Louis Garrel), uma companheira  que ele mantém, mas por pura fachada - embora haja efetivamente um envolvimento sexual. Fachada parece também ter sido este método promocional, podendo no limite levar ao engano quem não saiba nada sobre o enredo do filme, que se prende principalmente com a história de amor entre um estudante (Oliver, interpretado por Armie Hammer) e o filho adolescente de 17 anos (Elio) do seu professor.

Relembramos que uma polémica semelhante já tinha sido enfrentada pela Sony Pictures UK, aquando da distribuição do filme em território britânico, conforme tinha sido noticiado pelo portal Sapo. Adoptando uma estratégia semelhante, ao escolher a mesma foto do par heterossexual (ver imagem abaixo), quando o foco do filme é precisamente a descoberta de um amor homossexual, a Sony foi gozada, o que levou a que publicação em causa tivesse sido eliminada entretanto. Irá a NOS seguir o mesmo caminho?



Deixe um comentário

voltar ao topo

Secções

Contactos

Quem Somos

Segue-nos