Menu
RSS

Jesse Eisenberg e Alexander Skarsgard em foco no trailer de «The Hummingbird Project»

 

Os excessos do capitalismo e a ganância são um dos focos de The Hummingbird Project, o mais recente filme de Kim Nguyen (Rebelle, 2012).

Na obra seguimos dois primos, Vincent (Jesse Eisenberg) e Anton (Alexander Skarsgård), que construíram um túnel do Kansas para Nova Jersei para fazer passar um longo cabo de microfibra, apenas para  economizarem alguns milissegundos no processo de licitação da bolsa e, assim, ganhar muito dinheiro. 

Salma Hayek e Michael Mando também fazem parte do elenco. Aqui fica o trailer:

 

2019: Netflix deve gastar 15 mil milhões de dólares em conteúdos

  • Publicado em Mercado

Depois de gastar 12 mil milhões de dólares (10,55 mil milhões de euros) em conteúdos no ano de 2018, estima-se que em 2019 a Netflix vai subir esse valor para 15 mil milhões de dólares (13,19 mil milhões de euros). Estes dados foram avançado por analistas de Wall Street (via Variety), que caso se confirmem representam um aumento de mais de 50% relativamente ao investimento em 2017 (8,9 mil milhões de dólares/7,83 mil milhões de euros).

"Acreditamos que a Netflix poderia, se quisesse, aumentar as margens [de lucro] mais rapidamente limitando o crescimento do seu investimento substancial em marketing e nas produção globais, mas a empresa está (sabiamente) jogando o jogo do longo prazo", escreveu Ben Swinburne, do Morgan Stanley. De acordo com Daniel Salmon, da BMO Capital Markets, estima-se que a plataforma de streaming pode gastar até 17,8 mil milhões de dólares (15,65 mil milhões de euros) em 2020.

Recorde-se que na quinta-feira passada, numa reunião com investidores, Reed Hastings, CEO da Netflix, afirmou que: "Quanto mais investimento, mais as pessoas encontram conteúdos que amam e mais valor tem o serviço". Nesse dia ficamos também a saber alguns números de espectadores dos produtos da Netflix, com Bird Box a atingir 80 milhões de visualizações, e YOU na casa das 40 milhões.

Esta aposta nos conteúdos originais visa - no longo prazo - manter o público fiel à plaforma, especialmente agora que a Disney prepara um serviço de streaming rival (Disney +) e a HULU e Amazon mantém bons números no que toca a adesões aos seus serviços.

Arranca a edição 2019 do My French Film Festival

Resultado de imagem para au poste c7nema

O My French Film Festival está de volta na sua 9ª edição, isto após um recorde de espectadores na edição de 2018.

De 18 de janeiro a 18 de fevereiro, em mais de 200 países, onde se inclui Portugal (na FILMIN), estarão disponíveis para visionamento 10 longas metragens e 13 curtas metragens, que concorrem a três prémios a serem anunciados no fim do festival:

Prémio Realizadores - composto pelo seguinte júri: Houda Benyamina (Divines), Coralie Fargeat (Revenge), Mikhael Hers (Ce sentimento de l'até, Amanda), Kim Nguyen (Two losers and a bear, Eye on Juliet) e Jaco Van Dermal (Mr. Nobody, Deus Existe e Vive em Bruxelas).

Prémio do Público Lacoste - Os espetadores podem votar diretamente na plataforma.

Prémio da Crítica - Composto por um júri de jornalistas internacionais.

A Seleção da 9ª Edição está organizada em secções temáticas, que juntam longas e curtas metragens:

RELAÇÕES FAMILIARES

Gaspard Va Au Mariage / Gaspard At The Wedding
Guy 
Chien Bleu / Blue Dog
Un Homme Mon Fils / A Man My Son

WHAT THE F...RENCH!?
Au Poste ! / Keep An Eye Out
Ni Juge, Ni Soumise / So Help Me God 
Judith Hotel
Le Septième Continent / The Seventh Continent
Wild Love

MULHERES EM PÉ DE GUERRA
Comme Des Garçons / Let The Girls Play*
Gueule D'ange / Angel Face
Demain Et Tous Les Autres Jours / Tomorrow And Thereafter 
La Collection / The Collection
Des Fleurs / Flowers

NA TUA CARA
Fleuve Noir / Black Tide
Sauvage 
À L'aube / At Dawn
Les Petites Mains / Little Hands 
Fauve
Hybrids

AMOR "À LA FRANÇAISE"
Diane A Les Épaules / Diane Has The Right Shape  (Fora de competição)
Les Faux Tatouages / Fake Tattoos
Mauvais Sang / Bad Blood(Fora de competição, clássico)*
Personne Ne S'aimera Jamais Comme On S'aime / There's No Love Stronger Than Ours
La Jetée / The Pier (Fora de competição)

* sem exibição em Portugal

Trailer do novo filme de Steven Soderbergh

Steven Soderbergh (Sorte à Logan; Distúrbio) é o mais recente cineasta de renome a filmar um projeto para a Netflix.

Com o nome High Flying Bird (O Céu é o Limite), a produção conta com o argumento de Tarell Alvin McCraney (Moonlight) e segue um agente desportivo que oferece a um jogador de Basquetebol uma proposta intrigante e controversa, isto enquanto está a decorrer na liga profissional um locaute da competição.  

Andre Holland, que trabalhou com Soderbergh em The Knick, e Zazie Beetz (Deadpool) são os protagonistas. Zachary Quinto, Kyle MacLachlan, Melvin Gregg, Sonja Sohn e Bill Duke também fazem parte do elenco. De notar que este projeto, tal como o anterior (Unsane/Distúrbio), foi filmado com um iPhone 7.

High Flying Bird estreia em fevereiro na Netflix. Antes disso será exibido no Festival de Cinema Slamdance (25 a 31 de janeiro).

Contactos

Quem Somos

Segue-nos