Menu
RSS


Os 5 pecados de Mark Wahlberg

 

Para Mark Wahlberg, Boogie Nights é o grande pecado da sua carreira. O actor revelou recentemente que havia pedido perdão a Deus por esta sua colaboração com Paul Thomas Anderson. Contudo, há quem não concorde com esta sua redenção, considerando o filme numa das suas melhores obras, assim como desempenho. Como tal, e de forma a contrariar a sua culpa, decidimos recolher os 5 "pecados" pelo qual deveria (verdadeiramente) arrepender-se.

 

O Planeta dos Macacos

Antes da trilogia de sucesso que hoje paira, houve ainda mais uma tentativa de adaptar o clássico literário de Pierre Boulle para o século XXI. Com Tim Burton no leme, este “sonho molhado” da caracterização apresentava Mark Wahlberg como um astronauta perdido numa terra de símios. Apesar dos bons valores de produção, o filme não possuiria a dimensão da primeira versão nem debatia-se com questões existencialistas e identitárias da ressurreição seguinte, tudo culminou num autêntico pastel, onde até mesmo Burton pretende esquecer. HG

O Acontecimento

Aquando da promoção a The Fighter - O Último Round, Mark Wahlberg confessou que O Acontecimento, de M. Night Shyamalan, onde interpreta um professor de ciências muito pouco convincente, era um «mau filme». Indiscutivelmente um dos filmes mais patetas de M. Night Shyamalan, mesmo com toda a "suspensão voluntária da descrença” que temos de aplicar (desligar o cérebro, convenha-se), o filme representou a machadada final dos créditos que o cineasta tinha alcançado com O Sexto Sentido, O Protegido e Sinais. Seguiu-se o purgatório de levar ao cinema a sua obra mais comercial e desfasada do seu sentido autoral: The Last Airbender. JP

Transformers: O Último Cavaleiro

Michael Bay poderá ter pedido desculpas de um segundo filme desconecto, mas o quinto, protagonizado por Wahlberg é um delírio surrealista que desafia as próprias convenções narrativas de Hollywood. Em menos de 10 minutos de filme, Transformers: The Last Knight esvazia a paciência do espectador, exibido uma glória técnica sonoro-visual que não faz jus à incoerência do argumento, ao desprezo das relações entre personagens e a incapacidade de transmitir ênfase emocionais à trama. E Wahlberg não salva este “míssil frouxo”, a sua prestação é igualmente, ou tão esquecível que o “filme”. HG

Max Payne

Nesta adaptação do famoso videojogo, Wahlberg interpreta o papel título. O que tornava o jogo uma referência era a mistura atmosférica da história, do gameplay e um toque de ação ao melhor estilo de Hong Kong, com John Woo à cabeça. Porém, na transição para o cinema, quase tudo se perdeu, até o mundo sombrio e violento do jogo (muito inspirado no cinema noir) fica a léguas, transformando tudo em mais uma construção industrial e padronizada do cinema de ação. JP

Qualquer filme de Peter Berg

Se existisse justiça neste Mundo, Mark Wahlberg teria contas ajustar com Deus com a sua colaboração com Peter Berg. De Lone Survivor até Patriot’s Day, meras propagandas norte-americanas que demonizam o islamismo num completo maniqueísmo preto-e-branco e nas ínfimas saudações à bandeira dos EUA. Em tempos difíceis como estes que vivemos, filmes tecnicamente redundantes e recheados de mensagens patrióticas de superioridade, são a maior das ofensas. Peter Berg, um novo Michael Mann? Sério, ainda persistimos em mais heresias. Nem com avé-marias e quantos pais nossos isto vai ao sitio. HG



Deixe um comentário

voltar ao topo

Atenção! Este website usa Cookies.

Ao navegar no website estará a consentir a sua utilização. Saber mais

Entendi

Os Cookies

Utilizamos cookies para armazenar informação, tais como as suas preferências pessoais quando visitam o nosso website. Os cookies são pequenos ficheiros de texto que um site, quando visitado, coloca no computador do utilizador ou no seu dispositivo móvel, através do navegador de internet (browser). 

Você tem o poder de desligar os seus cookies, nas configurações do seu browser, ou efetuando alterações nas ferramentas de programas AntiVirus. No entanto, isso poderá alterar a forma como interage com o nosso website, ou outros websites.

 Tipo de cookies que poderás encontrar no c7nema?

Cookies estritamente necessários : Permitem que navegue no website e utilize as suas aplicações, bem como aceder a eventuais áreas seguras do website. Sem estes cookies, alguns serviços que pretende podem não ser prestados.

Cookies analíticos (exemplo: contagem de visitantes e que páginas preferem): São utilizados anonimamente para efeitos de criação e análise de estatísticas, no sentido de melhorar o funcionamento do website.

Cookies funcionais

Guardam as preferências do utilizador relativamente à utilização do site, de forma que não seja necessário voltar a configurar o website cada vez que o visita.

Cookies de terceiros

Medem o sucesso de aplicações e a eficácia da publicidade de terceiros. Podem também ser utilizados no sentido de personalizar widgets com dados do utilizador.

Cookies de publicidade

Direcionam a publicidade em função dos interesses de cada utilizador. Limitam a quantidade de vezes que vê o anúncio, ajudando a medir a eficácia da publicidade e o sucesso da organização do website.

Para mais detalhes visite http://www.allaboutcookies.org/

Secções

Quem Somos

Segue-nos

Contactos