Logo
 Imprimir esta página

O rap portuense chega ao cinema - Vem aí «Não Consegues Criar o Mundo Duas Vezes»

O rap e o Porto. A música e a cidade. Não Consegues Criar o Mundo Duas Vezes é o novo documentário português realizado por Catarina David e Francisco Noronha e pretende focar-se no surgimento e consolidação do rap nesta cidade, ao longo das décadas de 80 e 90.

Em entrevista ao Rimas e Batidas, Noronha avançou que o propósito do filme é "documentar a árvore genealógica de um movimento e perceber as suas origens, nuances, cambiantes, transformações. Todavia, mais do que a história cronológica e factual dos acontecimentos, mais do que a ‘grande história’, interessa-nos, acima de tudo, as pequenas histórias de cada um, as memórias individuais daqueles que, nas suas vidas, contribuíram, no início sem o saber, para o nascimento e consolidação de uma expressão artística.”

Segundo a Lusa, o filme é uma recolha de depoimentos de bandas como Reunião das Raças, Dealema, Mind da Gap, L.C.R. (Nokas e Berna), Triângulo Dourado, Conjunto Corona, Capicua, M7, Virtus, Deau e Minus. Sam The Kid também faz parte dos entrevistados. "Muitos deles já nem estão ativos atualmente", referiram.

Quando contactado pelo C7nema, Noronha adiantou que foram também feitas entrevistas ao jornalista Rui Miguel Abreu, o ex-A&R da "Valentim de Carvalho/NorteSul" Pedro Tenreiro e o apresentador de televisão José Mariño, "uma pessoa que queríamos muito ter no filme", que foi também responsável pelos primeiros programas de rádio na Rádio Energia e, mais tarde, na Antena 3.

O projeto está a ser trabalhado desde março do ano passado, tendo sido recolhidas várias horas de entrevistas. Atualmente está a ser finalizado na fase de pós-produção. Embora não haja data definida, a estreia deverá ser para o final deste ano.

Os desenvolvimentos do filme podem ser acompanhados na página do facebook. Em baixo, os 3 teasers do filme já disponíveis.



Copyright © 1999-2017 C7nema. Todos os direitos reservados/All rights reserved.